Inter tem uma das melhores defesas do Brasileirão 2022

Se por um lado o Inter é criticado por não colocar a bola na rede, o ponto positivo do trabalho de Mano Menezes tem sido a consistência defensiva que impôs após a sua chegada. Além de retomar a confiança da equipe, o time vem sendo pouco vazado, especialmente no Brasileirão.

O feito é ainda mais notável quando se analisa os desfalques que o setor defensivo tem sofrido. Desde que assumiu a equipe, o comandante não conseguiu repetir uma dupla de zagueiros em jogos consecutivos, algo que não impede o time de estar entre os que menos sofreram gols na competição nacional.

Somando os jogos da Sul-Americana, o time de Mano demorou três jogos para sofrer o primeiro gol. Depois disso, somente na partida contra o Corinthians, a equipe foi vazada mais de uma vez.

Defesa sofrerá alterações no duelo de sábado

No duelo contra o Cuiabá, o treinador deverá poupar alguns jogadores. Bustos e Renê deverão ser os preservados do sistema defensivo. Aliás, os laterais iniciaram todos os jogos sob o comando de Mano e são peças fundamentais no modelo que tem dado certo.

Quanto a dupla de zaga, Vitão e Mercado deverão preencher o setor, já que Bruno Méndez ainda possui os impasses contratuais com o Corinthians e a negociação segue com dificuldades de se concretizar.

Desse modo, o treinador seguirá apostando na manutenção da defesa. Mesmo com os bons números, o Inter vem sofrendo com a bola aérea adversária a cada partida, algo que Mano já afirmou que tem de ser corrigido.

Comentários do Facebook

- Publicidade -