Inter tentará quebrar tabu que já dura mais de uma década

O Internacional terá que quebrar um tabu histórico para conquistar a vitória sobre o Melgar. O Colorado enfrenta a equipe peruana nesta quinta-feira (04), às 19h15, no Estádio da Unsa, em Arequipa, pela ida das quartas de final da Copa Sul-Americana.

O Clube do Povo não vence na altitude em competições continentais há mais de 10 anos. A última vitória ocorreu na Libertadores de 2011 na vitória sobre o Jorge Wilstermann, da Bolívia, por 4 a 1, com gols de Brown (contra), Leandro Damião, Zé Roberto e Kléber.

Para tentar quebrar o tabu, o Internacional vai enfrentar o Melgar em uma altitude de 2.300 metros do mar. A altura do local lembra Bogotá, na Colômbia, e a previsão da temperatura para a hora do jogo é de 10°C, com a umidade relativa do ar em 30%.

A equipe peruana apresenta um bom histórico nos jogos como mandante, com 15 vitórias e apenas uma derrota nos 16 jogos disputados dentro de casa. A única derrota foi para o Sporting Cristal, há cerca de duas semanas.

Além disso, o Internacional terá que lidar com uma boa presença da torcida adversária no estádio. A previsão é de que os 36 mil lugares liberados sejam preenchidos (a capacidade é de 45 mil, mas não se ocupa 100% por questões de segurança).

O retrospecto do Inter contra peruanos

Na história, o Inter teve quatro jogos oficiais contra clubes peruanos, todos válidos pela Libertadores. Foram três vitórias – sobre o Alianza Lima em duas oportunidades e contra o Juan Aurich – e uma derrota, frente o mesmo Juan Aurich.

O Colorado quer continuar com o bom retrospecto contra times peruanos e terá dois jogos contra o Melgar para tentar manter o desempenho. O jogo de volta será disputado na quinta-feira da semana que vem (11), às 19h15, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Comentários do Facebook

- Publicidade -