Inter x Juventude: melhores momentos da vitória colorada no Brasileirão

0

O Internacional derrotou o Juventude pelo placar mínimo de 1 a 0 na noite deste domingo, no Beira-Rio, em partida válida pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória colorada foi marcado por Thiago Galhardo.

Com o resultado, o Clube do Povo subiu para a décima terceira colocação do Brasileirão com 14 pontos. O clube agora foca suas atenções novamente na Copa Libertadores da América. Na próxima quinta-feira (22), às 21h30, recebe o Olimpia pelo confronto de volta das oitavas de final da competição sulamericana. O primeiro jogo terminou em empate por 0 a 0.

Foto: Reprodução Twitter / Internacional

Melhores momentos de Internacional x Juventude pelo Brasileirão

O Inter começou e foi melhor durante boa parte do primeiro tempo. Diego Aguirre adotou uma pressão que originava erros na saída de bola adversária e conseguiu criar volume e oportunidades pelos dois flancos com Patrick/Paulo Victor e Caio Vidal.

Durante alguns minutos, o Juventude conseguiu apostar em contra-ataques e chegava com perigo. Os visitantes até conseguiram marcar um gol após uma falha do goleiro Daniel, mas o tento foi anulado por uma mão na bola de Rafael Forster. Mesmo assim, a chegada do Ju assustou o Colorado, que passou a jogar mal e errar muitos passes desde então.

Tudo que Aguirre e seus comandados precisavam era marcar cedo na volta do intervalo. E ele veio. Logo aos 5′, o lateral Heitor conseguiu um belo cruzamento que encontrou a cabeça de Thiago Galhardo. O centroavante conseguiu arrematar sem chance para Marcelo Carné.

A partir daí, o Inter criou muitas chances, mas parava na excelente atuação do goleiro adversário. Com a expulsão de Guilherme Castilho, aos 33′, o Inter passou a não tomar sustos, apesar de não ter total controle da partida. Mas foi o suficiente para manter o placar inalterado.

FICHA TÉCNICA

Internacional: Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Víctor Cuesta, Paulo Victor (Moisés); Rodrigo Lindoso, Edenilson (Johnny), Taison (Yuri Alberto); Caio Vidal (Palacios), Patrick (Maurício) e Thiago Galhardo. Técnico: Diego Aguirre.

Juventude: Marcelo Carné; Michel Macedo; Vitor Mendes, Rafael Forster, William Matheus; Elton (Marcos Vinicios), Matheus Jesus (Jadson), Guilherme Castilho, Wescley (Chico); Paulinho Bóia (Fernando Pacheco) e Matheus Peixoto (Capixaba). Técnico: Marquinhos Santos.

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Sidmar dos Santos Meurer. Trio paranaense. No VAR, Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN).

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.