Internacional cede empate ao Corinthians na reta final da partida

0

Corinthians e Internacional se enfrentaram pela 9ª rodada do Brasileirão e empataram pelo placar de 1 a 1 em São Paulo.

O Corinthians veio a campo com um esquema mais ofensivo em um 4-3-3, de forma a dar dinâmica no meio de campo e liberar o jogo pelos lados. Já o Colorado jogou em um 4-2-3-1 com ampla participação dos volantes e meias na construção de jogadas e marcação pelos lados.

O Corinthians levava vantagem nos minutos iniciais pelo lado direito com Gustavo Silva e Fagner, podia se perceber que Léo Borges não acompanhava o camisa 19 corintiano e Paulo Victor ficava com 2 jogadores à sua frente. De fato a marcação do Inter pela esquerda não se acertava visto que o espaço cedido para os jogadores do Corinthians era elevado.

O Internacional abriu o placar após pênalti cometido por Jô em Victor Cuesta, o zagueiro Colorado estava em posição de impedimento, porém o pênalti foi cometido anteriormente a chegada da bola na área, caracterizando um lance isolado da jogada. Edenilson converteu a penalidade e abriu o placar para o Colorado.

No 2º Tempo o Internacional buscou acertar sua marcação com as entradas de Johnny e Patrick nos lugares de Juan Cuesta e Léo Borges. Johnny fazia muito bem a proteção e Patrick dobrava a marcação pelo lado esquerdo em Gustavo Silva e Fagner com Paulo Victor. Já pelo lado direito Saravia e Edenilson marcavam o avanço de Mateus Vital e Fabio Santos.

O Inter criou algumas oportunidades para encaminhar a vitória mas não conseguiu marcar no 2º tempo. O Colorado também vinha fazendo uma grande exibição defensiva na segunda etapa, especialmente pelo lado direito de defesa pois o Corinthians explorava bastante a jogada pela esquerda com Mateus Vital.

Apesar da boa partida defensiva o Corinthians conseguiu o empate com Jô após uma ótima ultrapassagem de Fábio Santos pelo lado esquerdo que cruzou para Luan cabecear e Daniel fazer defesa, no rebote Jô mandou para as redes. O Inter cedeu um bom corredor pelo lado esquerdo de ataque do Corinthians, que aproveitou muito bem para progredir.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.