Internacional derrota o Grêmio no GreNal da média de públicos do Gauchão 2022

O Internacional supera o Grêmio e tem a melhor média de público do Gauchão 2022. O levantamento, disponibilizado pelo Globo Esporte, considera apenas o público pagante, conforme os boletins financeiros disponibilizados pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF).

O melhor público do Colorado foi durante o clássico contra o Grêmio, pela 9° rodada da primeira fase. O jogo teve 21.679 pagantes e influenciou diretamente na liderança do Internacional no ranking com a média de públicos da competição.

O Clube do Povo disputou cinco jogos como mandante e teve uma média de 9.747 pagantes, enquanto o Grêmio, que teve seis jogos na Arena, teve 7.835 torcedores. O melhor público foi no empate contra o Juventude, pela 6° rodada, com 10.781 presentes.

O time do interior com a maior quantidade de torcedores nas arquibancadas foi o Brasil de Pelotas. A equipe ficou na terceira posição, com 2.952 pagantes em seis partidas disputadas em casa.

O menor público foi registrado pelo Aimoré, com 302 pagantes. A equipe terminou a competição na oitava posição, porém o torcedor não compareceu ao estádio. A média do São José foi muito próxima, com 310 pagantes.

A média de público pagante do Gauchão 2022

  1. Inter: 9.747 pagantes
  2. Grêmio: 7.835 pagantes
  3. Brasil de Pelotas: 2.952 pagantes
  4. Juventude: 2.167 pagantes
  5. Caxias: 1.473 pagantes
  6. São Luiz: 1.349 pagantes
  7. União Frederiquense: 867 pagantes
  8. Ypiranga: 699 pagantes
  9. Guarany de Bagé: 603 pagantes
  10. Novo Hamburgo: 510 pagantes
  11. São José: 310 pagantes
  12. Aimoré: 302 pagantes

Para as próximas partidas da competição, é esperado que o número aumente. O Internacional enfrentará o Grêmio no Beira-Rio e o jogo tem expectativa de receber um número maior em relação ao primeiro clássico de 2022.

O Grêmio também terá uma grande quantidade de ingressos vendidos para a partida na Arena, enquanto Ypiranga e Brasil de Pelotas também devem apresentar seus melhores públicos na competição.

Comentários do Facebook

- Publicidade -