Internacional determina principal carência para 2022 e vai ao mercado

O Internacional definiu qual a maior carência do elenco para a próxima temporada. Paulo Bracks falou sobre o assunto na Rádio GreNal e disse que a lateral-direita é a prioridade no momento, já que o empréstimo de Renzo Saravia chegou ao fim e o valor para compra é muito alto.

O dirigente afirmou que o Colorado mantém negociação avançada com um jogador da posição, mas nenhum nome foi revelado. Alguns atletas foram especulados no Inter recentemente, mas é certo que a direção não está disposta a gastar um valor que seja considerado alto para os padrões do clube.

Rodinei, do Flamengo, é pretendido, mas a equipe carioca só está disposta a negociar por 1 milhão de dólares. O lateral-direito já esteve no Internacional e foi um dos maiores destaques do clube no Campeonato Brasileiro 2020-21.

Outro nome especulado no Colorado foi o de Alex Vigo. O jogador é reserva no River Plate e uma das maiores promessas da posição no futebol argentino. O atleta tem contrato até o final de 2023 e existe a possibilidade de haver um empréstimo.

Sem definir a situação na lateral-direita, o Internacional conta com Heitor e Gabriel Mercado como remanescentes da posição, porém os dirigentes consideram que eles servem apenas para compor elenco e não querem contar com os dois jogadores entre os titulares.

Internacional quer reforços em outras posições

O Inter prioriza a lateral-direita, mas jogadores em outras posições também são procurados. Existe uma preocupação da direção para contratar um centroavante, já que existem apenas dois no elenco e Yuri Alberto pode estar de saída na janela de transferências.

O Colorado ainda quer contar com pelo menos dois meias e um ponta para brigar pela titularidade no ano que vem. O clube contou com a saída de alguns atletas e tem espaço disponível na folha salarial para realizar as contratações.

Comentários do Facebook

- Publicidade -