Internacional foi eliminado pela terceira vez na primeira fase da Copa do Brasil

Pela terceira vez na história, o Clube do Povo caiu na primeira fase da Copa do Brasil, após derrota por 2 a 0 para o Globo-RN. As outras duas oportunidades foram em confrontos contra o Criciúma em 1990 e para o América-MG em 1998.

Por conta disso, a eliminação para o Globo-RN não foi inédita, já que o Colorado conseguiu o feito em outras oportunidades. A diferença é que dessa vez a Copa do Brasil é um torneio milionário e valia R$ 1,5 milhão somente para passar de fase.

A primeira vez que o clube caiu logo no começo do torneio foi em 1990 para o Criciúma. Era a segunda edição da Copa do Brasil e o Colorado venceu no Beira-Rio por 1×0, mas, no jogo de volta, acabou perdendo por 2 a 0 e consequentemente foi eliminado.

A segunda vez que o colorado deixou a competição na primeira fase, foi em 1998 para o América-MG. O Inter acabou sendo eliminado nos pênaltis dentro de casa. O América-MG não foi tão longe e acabou sendo eliminado logo depois, na segunda fase para o Sport.

Em 2022, o Internacional voltou a cair precocemente na Copa do Brasil. O Clube do Povo foi superado pelo modesto Globo-RN, que tem uma folha salarial de cerca de R$ 80 mil. O valor conquistado pela equipe por eliminar o Colorado é suficiente para cobrir a folha do ano inteiro.

Internacional continuou com os vexames na Copa do Brasil

A eliminação do Internacional para o Globo-RN foi mais uma das eliminações do Clube do Povo para equipes nordestinas. Na temporada passada, o Colorado já havia sido eliminado pelo Vitória, na terceira fase da competição.

  • 1994 – Ceará, nas quartas
  • 2001 – Fortaleza, na segunda fase
  • 2004 – Vitória, nas oitavas
  • 2008 – Sport, nas quartas
  • 2014 – Ceará, na terceira fase
  • 2018 – Vitória, na quarta fase
  • 2021 – Vitória, na terceira fase
  • 2022 – Globo, na primeira fase

Comentários do Facebook

- Publicidade -