Internacional precisa crescer no segundo turno se quiser vaga direta na Libertadores

O primeiro turno do Campeonato Brasileiro foi encerrado e o Internacional ficou em 7° lugar, com 30 pontos conquistados em 19 jogos (sete vitórias, nove empates e três derrotas). A análise interna é de que o Colorado precisa pontuar mais na segunda parte da competição.

O objetivo do Internacional é conquistar uma vaga direta na Libertadores da América e o objetivo não foi “assegurado” no primeiro turno. O Colorado precisa ficar entre os quatro primeiros para garantir um lugar na edição de 2023.

Ainda é possível que o campeão da Copa do Brasil, Sul-Americana ou Libertadores fique no G-4, aumentando a quantidade de vagas. Dessa forma, o Inter pode garantir um lugar na competição continental ficando até em 7° lugar.

Conforme o estudo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), os times precisam somar 65 pontos no Brasileirão para ir à Libertadores de 2023. O número pode variar, mas os matemáticos indicam que a pontuação deve garantir a vaga.

Para o Internacional conquistar a pontuação, será preciso ganhar pelo menos mais 35 pontos. O Colorado precisará de cinco pontos a mais em relação aos que foram ganhos na primeira parte da competição.

Internacional focado no duelo contra o Galo

Após perder para o Palmeiras por 2 a 1, o Internacional está focado no duelo contra o Atlético-MG, que será disputado no domingo (31), às 16h, no estádio Beira-Rio, em partida válida pela 20° rodada do Campeonato Brasileiro.

Para o confronto, o técnico Mano Menezes pode ter dois retornos importantes. Renê e Bustos estão próximos de voltar das lesões e devem ser utilizados contra o Atlético-MG.

Nas últimas partidas, o treinador estava ficando sem opções no setor. Moisés e Heitor, que apareciam como substitutos imediatos, foram transferidos para o futebol europeu.

- Publicidade -