Internacional tentou fazer permuta de Rodrigo Dourado por Marinho

- Publicidade -

- Publicidade -

O Internacional tentou envolver o volante Rodrigo Dourado em permuta por Marinho. O termo para indicar uma troca foi falado por Paulo Paixão, ex-funcionário do Colorado que teve um áudio vazado no fim da temporada anterior. Àquela altura, por exemplo, Paixão disse que Patrick deveria ser “trocado”, o que acabou acontecendo recentemente.

Na busca por um ponta, a diretoria colorada não desistiu do camisa 11 do Santos, e tenta de todas as formas trazê-lo para o Beira-Rio. Agora, foi a vez de Rodrigo Dourado ser envolvido na negociação, segundo informação da Rádio Guaíba. 

O representante do jogador falou ao site ‘Revista Gaúcha’: “Não procede (reunião com a direção nesta quinta-feira, dia 13). Marinho segue normal por enquanto na sua pré- temporada no Santos”, disse ele, que ainda falou sobre a ideia de atuar nos Emirados Árabes: “Sim, estamos estudando algumas possibilidades”.

- Publicidade -

Internacional insiste em Marinho

Segundo informações, o Peixe não libera o atleta de 31 anos por menos de 3 milhões de dólares (cerca de R$ 17 milhões). O atacante tem contrato até o final deste ano.

Com a ida de Nikão para o São Paulo, o foco colorado parece estar totalmente voltado para o atacante. Inclusive, o Colorado pretende usar o dinheiro que seria utilizado no acerto com o ídolo do Furacão, R$ 5 milhões.

- Publicidade -

A primeira investida do Clube do Povo, porém, não agradou o Peixe. Foi oferecida a liberação em definitivo de Marcos Guilherme, que está emprestado até dezembro. Além do atleta, o perdão da dívida do Santos por Eduardo Sasha, de quase R$ 5 milhões (que é paga em parcelas mensais). As condições oferecidas, porém, não agradaram o time da Vila Belmiro.

Para o Santos, não há sentido em nenhuma das situações propostas. Perder um titular e um dos principais jogadores e não receber o valor devido, ou então jogadores para repor a altura, não é vantagem para o clube.

Comentários do Facebook

- Publicidade -