Internacional terá 4 “reforços” no meio do ano

Olhando para o mercado em busca de reforços, o Internacional terá quatro novas peças na metade do ano. Isso porque jogadores que estão emprestados retornam em junho e podem ser aproveitados por Mano Menezes. Um deles, inclusive, é centroavante, posição que o clube procura no mercado e trata a contratação como prioridade.

Com o vínculo terminando com o Celta de Vigo, Thiago Galhardo retornará ao Beira-Rio. O time espanhol tem a opção de compra do atacante, mas não deve exercer e ele deve ser liberado. Dessa forma, Galhardo seria uma alternativa a Wesley Moraes, que não convenceu até aqui, e Alemão, que precisa de tempo.

Além de Thiago, dois atletas do Colorado retornam de empréstimo da Europa. Após passagem pelo Porto, o atacante Peglow e o lateral-esquerdo Léo Borges voltaram a Porto Alegre. A tendência é que o campeão mundial com a Seleção ganhe chances, já o lateral não deve ter espaço.

Desses retornos, a princípio, só Thiago Galhardo tem chances de ter continuidade no Clube do Povo. O jogador recebe um alto salário e deve se reunir com a diretoria para saber se permanece ou deixa a equipe.

Último “reforço” tem futuro indefinido no Internacional

O atacante Marcos Guilherme é mais um que retorna ao Inter, mas tudo indica que não deve ficar. Emprestado ao Santos, o jogador não será adquirido pelo time paulista. Após bom começo no Peixe, ele foi perdendo espaço e atualmente não faz parte dos planos do treinador Fabián Bustos.

Da mesma forma que na equipe da Vila Belmiro, o atacante está fora dos planos do Inter. Porém, não deve aceitar uma saída sem custos. É possível que o atleta tenha uma rescisão amigável com o Colorado, negociando o pagamento dos últimos sete salários em várias prestações e por um valor menor.

Comentários do Facebook

- Publicidade -