Internacional vai encarar três desafios perigosos fora de casa contra o Melgar

O Internacional terá um grande duelo nesta semana, pela Copa Sul-Americana. O time gaúcho entra em campo na próxima quinta-feira (4), às 19h15, pela partida de ida das quartas de final da competição. Para o primeiro duelo, que acontece no Peru, o time gaúcho terá que lidar com algumas situações adversas que podem dificultar a missão colorada.

O Melgar conta com o fator casa para conquistar um bom resultado no primeiro embate entre as equipes. A partida acontece em Arequipa, no Estádio da Unsa, que promete estar tão cheio quanto for possível pelos peruanos. A previsão é de que os 36 mil lugares liberados sejam preenchidos, a capacidade do estádio é de 45 mil, mas não são totalmente utilizados por questões de segurança.

Junto do Melgar também vem o artilheiro da competição continental. Bernardo Cuesta é a grande arma do time peruano, e foi o grande responsável pela classificação da sua equipe na última fase. O atacante foi autor dos dois gols que classificaram a equipe peruana para as quartas de final da Sul-Americana. Ao todo, o atleta marcou 8 gols, três a mais que o segundo colocado na lista.

Melgar quer usar fator casa para bater o Internacional

A localização e clima para a partida também prometem ser algumas das maiores preocupações do Inter para o duelo no Peru, tendo em vista a altitude de 2,3 mil metros em relação ao nível do mar, que pode atrapalhar. A altura do local lembra Bogotá, na Colômbia, e pode prejudicar o elenco do Inter. A previsão para a hora do jogo é de 10°C, com a umidade relativa do ar em 30%.

O fator casa do Melgar é forte e a equipe perdeu apenas um jogo de 20 entre os que foram disputados como mandante na temporada. A única derrota foi para o Sporting Cristal, há cerca de duas semanas. Jogar em casa foi destacado inclusive pelo treinador adversário Pablo Lavallén, recentemente.

Comentários do Facebook

- Publicidade -