Internacional vendido? Quem ficaria com o dinheiro?

A possibilidade de venda do Internacional surgiu como uma bomba. A informação é de que o clube pode ser comprado pelo Grupo City nos próximos meses, segundo o jornalista Andy Vermaut. O Colorado tem concorrência com outro time do Rio de Janeiro.

O modelo da SAF está fazendo sucesso no Brasil nos últimos meses e pode ser uma opção para o Clube do Povo. Recentemente, o Botafogo foi comprado no valor de R$ 410 milhões por John Textor, sócio do Crystal Palace (clube que disputa a Premier League na Inglaterra).

A ideia com a venda é de que o comprador assuma as dívidas do Colorado e ainda se coloque a disposição para investir no futebol. Um modelo semelhante está sendo utilizado no Cruzeiro, que foi comprado pelo ex-jogador Ronaldo Nazário, no valor de R$ 400 milhões.

Em 2020, o Internacional apresentou uma das maiores dívidas da história do clube, com deficit na casa dos R$ 90 milhões. O presidente Alessandro Barcellos anunciou várias medidas para tentar reverter a situação, mas o Colorado segue com problemas financeiros.

O balanço de 2020 apontou dívidas de R$ 595 milhões e faturamento de apenas R$ 274 milhões (previsão era de R$ 368 milhões). O Colorado fez um planejamento arriscado e ainda teve que lidar com a pandemia, que acabou servindo como agravante.

Internacional pode virar SAF?

O Internacional tem diversas dívidas à serem pagas nos próximos anos e não tem condições de pagar todos os valores, sem contar com os juros que vão aumentar algumas quantias. É por esse motivo que a ajuda financeira é enxergada como uma necessidade para que o Colorado não tenha maiores dificuldades.

No momento, não existe o debate interno no Beira-Rio sobre a possibilidade de transformação no modelo SAF, mas a alternativa faz sucesso no Brasil e pode ser adotada pelo Internacional nos próximos anos.

Comentários do Facebook

- Publicidade -