Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Jogadores do Inter saíram no soco e rebaixamento teve início

Eliminado nas oitavas de final da Copa Libertadores, o Flamengo está vivendo momentos de tensão nos bastidores. Para piorar a situação, nesta terça-feira (15), Gerson e Varela trocaram agressões no treinamento. O uruguaio ficou bastante machucado depois de levar um soco no nariz. Existe a suspeita de fratura e a situação será resolvida internamente.

Após o enfrentamento, houve uma reunião e ficou decidido que os dois jogadores serão multados. Na presença do executivo, o técnico Jorge Sampaoli reuniu líderes do grupo para falar sobre a questão. Gabriel Barbosa, Rodrigo Caio, Filipe Luís e Everton Ribeiro estiveram presentes. O entendimento é de que precisa ocorrer uma mudança de comportamento na delegação.

O problema interno no Flamengo lembra uma situação ocorrida no Internacional durante o ano do rebaixamento. Em 2016, o meio-campo Anderson e o lateral-direito William brigaram em treinamento realizado no Beira-Rio. O meia deu um soco no companheiro e o deixou sangrando. Houve tentativa de revidamento com chute, porém os jogadores conteram a situação.

O Inter fez trabalho com os portões fechados no dia, porém a imprensa teve acesso aos minutos finais, quando os titulares realizavam alongamento. A ação de Anderson partiu após o chute de uma bola para fora, que acabou resultando em golpe no companheiro. William acabou sendo contido por Marcelo Lomba, Danilo Fernandes, Seijas, Andrigo e o auxiliar Odair Hellmann.

Veja o momento da confusão entre os jogadores:

Como o Inter lidou com a crise nos bastidores?

Após a briga entre os companheiros, a tensão tomou conta da atividade e medidas precisaram ser tomadas. Após a ida do grupo e comissão técnica ao vestiário, a imprensa precisou aguardar até ser liberada para a sala de imprensa. Celso Roth concedeu entrevista coletiva e, ao ser questionado sobre a briga entre William e Anderson, acabou minimizando o fato.

“Fiquei sabendo, mas não vi. O desentendimento é normal. Conversei com os jogadores. Não é para ocorrer, mas ocorre. Agora vamos conversar para colocar as coisas em seus devidos lugares. Não atrapalha nada. É coisa de treinamento”, disse o treinador, que acabou sendo demitido rodadas depois. O Inter também não resistiu e foi rebaixado.