Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Jornalista humilhou Abel Braga e depois caiu do cavalo

No dia 16 de dezembro de 2019, o Internacional anunciava o acerto com o técnico argentino Eduardo Coudet. A confiança no novo comandante era tanta que a diretoria Colorada logo acertou um contrato até o fim de 2021 pensando em um trabalho a longo prazo.

De fato o trabalho realizado pelo treinador argentino deixou o clube e os torcedores colorados animados com o futuro apesar das eliminações no Campeonato Gaúcho para o maior rival, o Grêmio. Mas ao longo da temporada, a equipe de Coudet se estabilizou e alcançou bons resultados.

Porém, os bons resultados e o apoio da torcida não foram suficientes para convencer o treinador argentino a permanecer no Beira-Rio. Eduardo Coudet recebeu uma proposta do Celta de Vigo, da Espanha e deixou o Colorado rumo à Europa mesmo tendo contrato até o fim de 2021.

Coudet deixou o Inter em boa situação na temporada. Líder do Campeonato Brasileiro um ponto à frente do Atlético-MG, classificado para as oitavas de final da Libertadores e para as quartas de final da Copa do Brasil.

Para repor a saída de Coudet, a diretoria do Inter foi atrás de um velho conhecido do Colorado, trata-se do técnico Abel Braga. Porém, o começo do trabalho não deu muita alegria ao torcedor. Logo após a saída do treinador argentino, o Internacional foi eliminado na Copa do Brasil para o América Mineiro e da Libertadores pelo Boca Juniors.

Na época, o jornalista José Alberto Andrade, da Rádio Gaúcha, publicou no portal um texto em que criticava o trabalho de Abel Braga no Internacional. Segundo ele, a ida de Abel para o Beira-Rio não dava nada de novo e nenhuma solução para os problemas da equipe. Ainda de acordo com o texto do jornalista, a troca de comandos no Colorado provocou uma piora no time.

“Até agora, a troca de técnico no Inter provocou uma piora no time. A perda das virtudes e a potencialização de defeitos fazem com que a equipe se mostre muito inferior ao que era sob o comando de Coudet, quando havia, pelo menos, uma proposta de intensidade com boa execução”, diz parte do texto publicado pelo jornaista, José Alberto Andrade.

O peso das eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores afetaram o clube, mas Abel Braga conseguiu reverter o cenário que se formou logo na sua chegada. Criticado sob a sobra de Eduardo Coudet, Abel precisou de um certo tempo para dar jeito na equipe. Tanto que precisou apenas de nove jogos comandando o time no Campeonato Brasileiro para chegar a números melhores do que o do seu antecessor. Além disso, levou o Inter a brigar pelo título brasileiro até a última rodada, quando deixou escapar a taça para o Flamengo.

Abel Braga assume função no Vasco

Pensando na temporada de 2023, onde voltará a disputar a elite do futebol brasileiro, o Vasco da Gama anunciou o ex-treinador Abel Braga para a função de diretor técnico. Abel está vivenciando o dia a dia do clube aprendendo a desempenhar o trabalho aos poucos. Ele conta com a ajuda do diretor executivo Paulo Bracks e do técnico Maurício Barbieri.

Ex-treinador multicampeão com diversos clubes como Internacional, Fluminense e Flamengo, Abel Braga assumiu um compromisso diferente do que já viveu em sua longa carreira do futebol, onde será o elo entre a diretoria e o vestiário.

– Eu vou corresponder e tenho uma função definida. É participar, a parte técnica, contratação de quem chega e sai, opinar. A minha função é fazer com que os problemas não cheguem até a ele. Ou seja, tentar ser para ele aquilo que eu gostaria que muitos tivessem sido para mim – explicou o diretor técnico do Vasco, Abel Braga.