Jornalista revela possível dia da demissão de Medina

Mesmo após o empate contra o 9 de Octubre, o técnico Cacique Medina segue no comando do Internacional. A direção decidiu que o comandante vai permanecer até a chegada dos reforços que foram pedidos pela comissão técnica.

O objetivo dos dirigentes é fazer uma análise sobre o desempenho do uruguaio somente depois da chegada dos jogadores que foram prometidos. Apesar disso, é possível que a situação mude contra o treinador de uma maneira mais rápida.

O ambiente instável e o clima de insatisfação externo e interno pode adiantar a demissão do treinador. Caso continue apresentando resultados negativos, Medina não deve permanecer no cargo até a chegada dos reforços que foram pedidos.

Segundo o jornalista Vagner Martins, uma derrota feia para o Atlético-MG na próxima rodada pode resultar em demissão. Dessa forma, o Internacional faria uma reunião na segunda-feira e Medina não continuaria no cargo.

Os torcedores do Colorado temem o rebaixamento para a Série B e a demissão na próxima semana daria tempo para recuperar o time. A preocupação foi estabelecida pelo fato de que o Internacional apresentou um péssimo rendimento no jogo contra o 9 de Octubre.

O Clube do Povo teve duas semanas de treinamento e a expectativa era de que o time de Cacique Medina iria apresentar uma melhora visível. No confronto contra os equatorianos, o Colorado aparentou estar pior do que nos últimos jogos disputados no Gauchão.

Medina mira o Atlético-MG

Após o empate contra o 9 de Octubre, o Internacional mudou o foco para o jogo contra o Atlético-MG. O Colorado enfrenta a equipe mineira neste domingo (10), às 16h, no Estádio Mineirão, em partida válida pela primeira rodada do Brasileirão.

O Clube do Povo terá alguns dias de preparação e o técnico Medina terá que lidar com os desfalques. Taison e Wesley Moraes sentiram um desconforto muscular e talvez não estarão disponíveis para jogar a próxima partida.

Comentários do Facebook

- Publicidade -