Keiller teve uma nobre atitude após o Inter despachar o Colo-Colo

O Internacional venceu o Colo-Colo por 4 a 1 e se classificou para as quartas de final da Copa Sul-Americana. Um dos principais personagens da partida foi o goleiro Daniel, que está sendo criticado por parte da torcida.

O arqueiro chegou a ser vaiado na primeira etapa, quando o Colorado estava sendo desclassificado da competição. Apesar disso, ele permaneceu no gol do time de Mano Menezes e conseguiu garantir a classificação para a próxima fase.

Keiller, reserva imediato de Daniel, foi abraçar o companheiro após o apito final. O atleta esteve no onze inicial contra o Ceará e muitos pediram a presença dele contra o Colo-Colo no lugar de Daniel, já que o titular de Mano Menezes cometeu várias falhas recentemente.

O ato de Keiller mostrou a união entre os jogadores do Internacional e o clube segue vivo na Copa Sul-Americana. O próximo adversário do Colorado será o vencedor de Deportivo Cali, da Colômbia, e Melgar, do Paraguai.

Internacional faturou quantia milionária contra o Colo-Colo

Em momento financeiro delicado nos últimos meses, o Clube do Povo vê na competição continental como uma oportunidade de ganhar boas quantias em dinheiro. Após avançar contra o Colo-Colo, o Inter garantiu R$ 3,1 milhões aos cofres.

Atualmente o Colorado já recebeu R$ 4,7 milhões em premiações pela primeira fase do torneio. Além disso, por ter participado das oitavas de final, o time também já tinha garantido mais US$ 500 mil, cerca de R$ 2,6 milhões.

Esse valor vai crescendo conforme o Clube do Povo avança na copa. Caso alcance as semifinais do torneio, o Internacional embolsaria US$ 800 mil, o que dá cerca de R$ 4,2 milhões na cotação atual. Por ser finalista, são garantidos US$ 2 milhões (R$ 10,3 milhões) de vice colocado, enquanto o campeão embolsa US$ 5 milhões, R$ 26,5 milhões.

- Publicidade -