Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

La Liga age contra a FIFA e Inter fica de olho nos desdobramentos

O Internacional é um dos postulantes a disputar o novo Mundial de Clubes da FIFA que passará a ter 32 equipes a partir de 2025. Por isso, segue atento a qualquer movimentação que envolva o torneio e a entidade máxima do futebol.

Recentemente a La Liga ameaçou entrar na justiça contra a FIFA pelo novo formato proposto pelo presidente da federação Gianni Infantino para o Mundial de Clubes. De acordo com o jornal “AS”, o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) já recebeu a apresentação do caso devido ao inchaço do torneiro, que passará a ter 32 clubes na edição de 2025.

A entrada da La Liga na justiça pode significar algum tipo de mudança no formato proposto pelo presidente da FIFA. No formato atual, o Mundial de Clubes conta com a presença de apenas sete equipes. Já no novo modelo, o sistema adotado seria semelhante ao da Copa do Mundo, mas ainda não há definições sobre distribuição de vagas e sede.

“A Fifa parece esquecer e só pensa em poucos sem conhecer o efeito real sobre os atores do futebol profissional. Só pensa em um reduzido grupo de clubes e jogadores, quando o futebol profissional são muitas ligas, milhares de clubes e atletas que não jogam estas competições internacionais. Essas decisões tomadas de maneira unilateral e sem aviso prévio sobre o calendário com novos torneios internacionais causam danos irreversíveis a todo o ecossistema do futebol”, diz um trecho do argumento da La Liga.

Não é a primeira vez que a La Liga entra com uma ação contra a FIFA no TAS. Em 2021, a entidade máxima do futebol autorizou a Conmebol a estender seu período de jogos entre seleções pelas Eliminatórias da Copa do Mundo por causa dos confrontos adiados por causa do Coronavírus. Desta forma, muitas equipes foram afetadas perdendo seus atletas para as seleções, o que fez com que jogos fossem adiados.

Ideia do novo formato do Mundial de Clubes

A ideia de alterar o formato do Mundial de Clubes não é novidade. O presidente da FIFA, Gianni Infantino, anunciou o novo modelo previsto para começar apenas em 2025 no mês passado. O formato contará com 32 equipes, divididos em oito grupos, sistema bem parecido com a Copa do Mundo.

Porém, apesar de ter sido anunciado apenas em 2022, ele foi idealizado três anos antes, em 2019 e estava previsto para começar em 2021, mas a pandemia da Covid-19 atrasou o planejamento. No esboço inicial, o Mundial teria 24 equipes, mas ganhou mais oito vagas.

Não há qualquer tipo de informação de como será a divisão de vagas por continente, mas acredita-se que a UEFA tenha o maior número de clubes na competição. Dessa forma, a conquista por parte de clubes Sul-Americanos se tornaria mais difícil. O último a conseguir foi o Corinthians, em 2012.

Em 2021 a La Liga entrou com uma ação no TAS contra a Fifa após a entidade máxima do futebol autorizar a Conmebol estender seu período de jogos entre seleções pelas Eliminatórias da Copa do Mundo devido aos duelos adiados por conta da pandemia da Covid-19. Com isso, diversas equipes foram afetadas com a perda de seus atletas, o que ocasionou o adiamento de alguns jogos.