Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Lucianinho Périco traz quentinha inesperada sobre o Inter

O Inter está em preparação para enfrentar o Grêmio, no domingo (25), às 18h, no Beira-Rio, pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho. Pensando no clássico, o jornalista Luciano Périco trouxe uma informação inesperada sobre o time comandado pelo técnico Eduardo Coudet. Isso porque ele já projetou a escalação da equipe.

De acordo com o comunicador, o Colorado deve apostar em Maurício para assumir a vaga de Lucas Alario. O meio-campista apresenta as condições necessárias para fortalecer o meio de campo do Inter, permitindo que as investidas ofensivas aconteçam com mais frequência. Aliado a isso, Alan Patrick ficaria mais avançado, ao lado de Enner Valencia.

“Acredito que Mauricio deve ser a escolha no lugar de Lucas Alario. O camisa 27 pode dar mais movimentação na frente e ajudar a rechear o meio-campo. Um ponto de atenção é o lado esquerdo da defesa. Renê precisa ser protegido. Wanderson será importante”, disse Luciano Périco, em sua coluna na GZH.

A única dúvida na escalação é o goleiro Sergio Rochet, já que ele segue em recuperação das dores na região torácica. O provável onze inicial do Inter conta com: Rochet (Anthoni); Bustos, Vitão, Gabriel Mercado e Renê; Aránguiz, Bruno Henrique, Mauricio e Wanderson; Alan Patrick e Enner Valencia. Técnico: Eduardo Coudet.

Luciano Périco informa ponto forte do Inter

Para a partida contra o Grêmio, o jornalista Luciano Périco acredita que o Inter aposta na força do coletivo para conquistar os três pontos. A equipe precisa da vitória, já que os três pontos vão resultar na liderança isolada até o final da primeira fase. Desta forma, o Colorado terá a vantagem de decidir todos os jogos do mata-mata como mandante.

“Parece que Eduardo Coudet não tem muito o que esconder da escalação do Inter para o clássico 441. Com uma vitória, o Colorado garante a primeira posição na tabela de classificação. As últimas atuações tem mostrado uma equipe com perfeito encaixe de peças. As individualidades se destacam, porque o coletivo é o forte”, disse o comunicador.