Mano esquece vaias e mantém criticado como titular do Inter

Apesar dos bons números do elenco colorado sob o comando de Mano Menezes, nem todos os jogadores escolhidos pelo treinador são unanimidade quando trazemos a paixão do torcedor para a discussão, ainda mais em uma das posições mais delicadas em campo.

Daniel, goleiro titular do time, acumula algumas falhas em baixo das traves do Internacional, o que já irritou a torcida do Clube do Povo. O jogador tem algumas situações indigestas, que já o fizeram ser vaiado e xingado pelos colorados, fazendo com que os momentos bons do goleiro sejam compartilhados na memória com os de pressão da torcida.

Para Mano Menezes, a reação dos adeptos não se justifica, tendo em vista que não houve nenhuma falha grave ao seu ver. O treinador defendeu Daniel durante entrevista coletiva recente. “Não vi uma falha que justificasse ser chamado de frangueiro nos gols que tomamos. Procuro ser justo e tenho que passar isso pros meus jogadores. Não vou deixar que queimem algum jogador nosso”, disse.

Goleiro espera oportunidade com Mano

Atualmente o contestado Daniel continua na titularidade do time gaúcho e conta com o aval de Mano Menezes para continuar assim. Enquanto isso, no banco de reservas, um jovem aguarda uma oportunidade para mostrar serviço com a camisa colorada.

Keiller é o reserva imediato para a posição, retornando de um empréstimo para a Chapecoense em 2021. O goleiro parece ter agradado o time catarinense em sua passagem. Em entrevista concedida ao GZH, Felipe Endres, auxiliar técnico do verdão do oeste, falou bem do jogador.

“É um menino com potencial tremendo. Chegou lá em um nível, começou a jogar, depois ficou alguns jogos fora. Nesse meio tempo, teve uma evolução violenta. Eu brincava que tinha sido um prazer trabalhar com ele, mas que não ia me ver tão cedo, porque do Inter deve ir para fora do Brasil”, declarou.

Comentários do Facebook

- Publicidade -