Mano Menezes exalta classificação e aproveita para alfinetar o trabalho anterior

Na entrevista coletiva após a goleada de 5 a 1 sobre o 9 de Octubre, Mano Menezes falou a respeito da obrigação que a equipe possuía sobre a classificação. Para Mano, o clube sofreu mais do que deveria em um grupo tecnicamente fraco e precisa usar isso para adquirir confiança no decorrer da competição.

Questionado sobre a importância da vitória, o comandante colorado afirmou que era obrigação do Inter entregar a classificação para a torcida, no entanto, desde que assumiu a equipe, o time teve que enfileirar uma série invicta para avançar na competição.

“Estamos muito felizes com a noite, com a classificação. Era nossa obrigação passar da fase de grupos, mas tivemos que fazer 10 dos últimos 12 pontos para conquistar essa classificação, o que mostra a evolução da equipe dentro da competição”, afirmou Mano.

Mano Menezes ressaltou a evolução da equipe

Além de ressaltar a evolução da equipe comparado ao trabalho anterior, Mano voltou a lembrar de momentos recentes da equipe, na qual os jogadores acabaram sendo vaiados.

“Em determinado momento, eu vi o time de pouco tempo atrás no jogo. As vaias atrapalham um pouco, mas é a manifestação do torcedor, que já carrega um grande fardo de derrotas recentes”, disse o treinador.

Contudo, o comandante encerrou o assunto do passado recente falando sobre a necessidade de esquecer o que passou, e pediu para os olhares serem direcionados para o que vem acontecendo atualmente.

“O futebol não é um jogo de justiça. Não estou aqui para julgar o torcedor. Podemos não concordar. mas o que vem da arquibancada é sagrado, por mais duro que seja. Nosso negócio é sempre olhar pra frente. Pra trás já passou”, completou o treinador.

O Inter carimbou o oitavo jogo invicto sob o comando do treinador e volta as atenções para o Campeonato Brasileiro.

Comentários do Facebook

- Publicidade -