Mano Menezes se defende trabalho ruim no Bahia e explica motivo: “caiu”

Novo treinador do Internacional, Mano Menezes explicou a situação vivida no Bahia durante a apresentação no Colorado. O técnico teve um aproveitamento ruim pelo clube e brigou para não cair no Brasileirão, porém se defendeu pelo desempenho apresentado.

“Eu fiz o que era possível no Bahia. No ano que passei pelo Bahia, eles tiveram três técnicos e o time conquistou 12 vitórias, seis comigo e não caiu. No ano seguinte caiu. Então, quando se avalia o trabalho de alguém é importante se contextualizar e a realidade do Bahia era aquela”, explicou o treinador.

Mano Menezes esclareceu a situação e afirmou que o desempenho no Bahia não foi extraordinário, mas foi dentro do objetivo estipulado ao clube.

“Eu não acho que o trabalho no Bahia foi extraordinário, mas foi dentro do contexto”, salientou o treinador.

Os números de Mano Menezes no Bahia:

  • 25 jogos
  • 8 vitórias
  • 15 derrotas
  • 34,7 aproveitamento
  • 29 gols pró
  • 37 gols sofridos
  • 43 grandes chances
  • 48 grandes chances cedidas
  • 8,7 chutes para marcar
  • 5,6 chutes para sofrer

Mano Menezes fala sobre forma de trabalho no Inter

Ainda durante a entrevista coletiva, o técnico Mano Menezes falou sobre a forma que deseja aplicar o estilo de jogo no Internacional e revelou que pensa o futebol de uma forma bem completa.

“Eu penso o futebol de forma bem completa. Não conheço times vencedores que se comportem só de forma reativa. Não conheço times vencedores que só se comportam ofensivamente. Não conheço times vencedores que só propõe, porque o adversário pode propor melhor e nesse dia você vai ter que ter outro tipo de solução”, destacou o treinador.

A estreia de Mano Menezes pelo Internacional será contra o Fluminense, no próximo sábado (23), às 19h, no Maracanã, pela terceira rodada do Brasileirão.

Comentários do Facebook

- Publicidade -