Marinho participa do Flow Podcast e relembra passagem no Internacional

0

O atacante Marinho participou do Flow Podcast, um dos mais famosos do YouTube na atualidade. Por mais de 2h conversando com os apresentadores, falou sobre os mais variados assuntos. Entre eles, comentou a sua relação com o Internacional, onde jogou entre 2008 e 2010. Em uma entrevista de 2017, já havia dado detalhes sobre a relação com o Clube do Povo, veja o que disse na época:

“A imprensa está de prova: nunca me viu jogar um jogo no Inter. Todas as vezes que eu joguei no sub-23, eu era artilheiro ou melhor jogador e não ganhava chance. Todo mundo fala que eu cheguei no Inter e não joguei, mas a imprensa sabe que eu fui destaque na pré-temporada em Bento Gonçalves, voltei e não joguei. Nunca tive a oportunidade de jogar 20 minutos sequer no profissional”, afirmou.

Em 2016, Marinho era jogador do Vitória, que lutou contra o Internacional na disputa do rebaixamento. Naquele campeonato, o atacante vinha em uma grande fase e ajudou seu time a escapar da queda. Segundo o jogador, ele deu “uma mãozinha” para que o Colorado caísse.

“O pior de todo é que no meu último ano de contrato eu fiquei de maio a dezembro treinando em separado em Alvorada. Pararam de me pagar o salário também. Eu só fui receber quando coloquei o clube na Justiça. Não tenho mágoa nenhuma, mas não é à toa que eu fiz gol no Inter pelo Vitória”, revelou.

Marinho está certo em reclamar da postura do Internacional?

Marinho não teve boas passagens também por Cruzeiro e Grêmio, agora no Santos vem tendo a sua melhor participação em um clube grande. De fato, foi muito bem no Vitória.

Ele não é o único caso de jogador jovem mal aproveitado no Internacional. Ricardo Goulart e Lucas Lima são casos parecidos, de jogadores jovens na época e que não foram usados pelo Clube do Povo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.