Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Mascote do Inter é acusado de assédio sexual por jornalista gremista

O mascote do Inter acabou sendo acusado de assédio sexual por uma jornalista identificada com o Grêmio, o que chamou a atenção nas redes sociais depois do confronto. O Gre-Nal do final de semana não terminou no glamour do Beira-Rio para todos, tendo em vista uma situação complicada que teria se desenrolado no estádio no decorrer da partida em questão.

O Clube do Povo acabou recebendo o maior rival para disputar a décima rodada do Campeonato Gaúcho de 2024, sendo o primeiro grande clássico do ano e levantando muitas expectativas. Dentro de campo, vitória colorada, mas diversas polêmicas de arbitragem que fizeram com que os torcedores de ambos os lados reclamassem daquilo que foi decidido pelo apito nos gramados.

Mas, fora das quatro linhas, outra grande polêmica acabou se desenrolando e foi exposta nas redes sociais após o jogo. Por volta das 9h da noite, no último domingo, a jornalista Gi Kümpel, identificada com o Grêmio, acabou publicando em suas redes sociais uma acusação de importunação sexual que teria sido cometida pelo mascote do time dono da casa.

“O Grenal lamentavelmente terminou num BO pra mim. Importunação sexual pelo mascote do Internacional Mais um dia a mulher querendo fazer seu trabalho no futebol e sofrendo com isso com alguns idiotas que são criminosos. Vou até o fim pra que mais nenhuma mulher passe por isso”, publicou a repórter, em sua conta do X, antigo Twitter, confira:

Inter e Grêmio marcado por polêmicas

Além da acusação grave sobre o que aconteceu fora dos gramados, diversas polêmicas ainda tomaram conta do jogo em si dentro do estádio Beira-Rio. Isso porque, sem arbitragem de vídeo, diversos lances acabaram gerando reclamações, vindas de ambos os lados. No final do confronto, inclusive, uma espécie de tumulto acabou tomando conta do campo.