Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Maurício que se cuide! Eduardo Coudet tem novo preferido no Inter

O Inter conquistou uma importante vitória sobre o Brasil de Pelotas no Campeonato Gaúcho. O time comandado pelo técnico Eduardo Coudet venceu por 3 a 1, no Beira-Rio, pela oitava rodada da competição estadual. O resultado, inclusive, acendeu o alerta sobre um possível novo xodó do comandante colorado.

Entre as várias opções de Eduardo Coudet para escalar o time do Inter, uma delas mostra capacidades múltiplas para atuar no meio-campo. De primeiro volante, centralizado ou aberto pela direita, Bruno Henrique é um dos personagens da campanha que coloca o Inter na liderança isolada do Gauchão. Diante da versatilidade do jogador, será difícil tirá-lo do time”, disse o jornalista Marcelo de Bona, em coluna na GZH.

A situação pode dificultar a entrada de Maurício entre os titulares, já que ele disputa posição no mesmo setor de Bruno Henrique. O profissional retornou da Seleção Pré-Olímpica recentemente e terá que brigar para receber uma vaga no 11 inicial do Colorado. Apesar disso, Marcelo de Bona acredita que o jovem será um dos titulares.

“Acredito que Mauricio ainda seja o dono da posição pelo lado direito. Neste caso, Bruno Henrique vai atuar como meia centralizado. Depois, com Borré, é mais um bom problema para Coudet administrar. Com a régua alta e disputa mais forte por posição, vale o destaque para o início de ano do camisa 8 colorado”, salientou o comunicador.

Bruno Henrique vira xodó de Eduardo Coudet

O meio-campista Bruno Henrique é um dos principais destaques do Colorado neste início de temporada. O técnico Eduardo Coudet começou a dar mais liberdade para as chegadas ofensivas do jogador e, consequentemente, ele teve mais brilho no time titular.

“Contra o Brasil de Pelotas, Bruno Henrique participou do primeiro gol ao servir Bustos e do terceiro, com um lançamento preciso para Wanderson pifar Alario. Antes, já havia feito gol contra o Santa Cruz e participado de outro na mesma partida”, afirmou Marcelo de Bona.