Medina elenca um dos problemas que atrapalhou o Internacional

Alexander Medina apontou um dos obstáculos para a falta de evolução da equipe neste início de temporada. Após a segunda derrota no Campeonato Gaúcho, para o São José, por 3 a 2, neste domingo (20), o treinador disse que a falta de pontas de profundidade atrapalham a evolução do modelo de jogo

“Nossa ideia é jogar com extremos que atuam em profundidade. Estamos na busca de contratar jogadores nessa posição, pois creio que nesse lugar não temos os jogadores adequados. O único jogador que contratamos é David. Outro que pode jogar é Caio e, por um momento, pode ser Taison”, destacou o uruguaio ainda no Passo D’Areia.

Segundo o técnico, os meias podem ser utilizados como extremos. Entretanto, eles não dão profundidade ao time, já que tendem a entrar pelo meio e não ir para o fundo do campo.

Com a derrota, o Colorado viu o Grêmio se distanciar na liderança e chegar confortável para o GreNal.

Medina precisa vencer o GreNal para pensar no primeiro lugar

A primeira colocação do Gauchão 2022 dá ao líder o direito de decidir em casa os jogos do mata-mata. Por isso, o Clube do Povo precisa vencer o clássico, e não pode pensar em tropeçar nos outros dois jogos restantes da primeira fase.

O GreNal 435 será disputado no próximo sábado (26), às 19h, no Beira-Rio. Cacique Medina terá a semana cheia para trabalhar a melhor equipe para encarar o rival.

Enquanto isso, o Grêmio vem de goleada diante do São Luiz, 4 a 0, e uma vantagem de cinco pontos para o Inter na tabela de classificação. No entanto, o time tem compromisso pela Copa do Brasil no meio da semana, o que pode ser favorável ao Colorado.

Comentários do Facebook

- Publicidade -