Medina tem sua última oportunidade como técnico do Inter

O treinador Alexander Medina já está “virtualmente” demitido do Internacional. Dificilmente o Colorado irá conseguir alcançar, tampouco, se aproximar de uma reversão do placar que sofreu na ida da semifinal do Gauchão. Contudo, os 3 x 0 que o Grêmio fez no Beira-Rio, foi apenas um dos inúmeros problemas que o time do treinador uruguaio obteve na temporada até o momento.

A derrota para o Globo-RN na Copa do Brasil, o péssimo início no Campeonato Gaúcho, as extremas dificuldades do time em apresentar um bom futebol mesmo em jogos teoricamente fáceis, são alguns dos fatores que pesam para a saída de Cacique.

A direção do Internacional nega, mas internamente já busca um substituto para Medina. O treinador é o mais pressionado no Beira-Rio atualmente pela torcida e certamente não terá mais clima para permanecer no Colorado, caso a eliminação para o Grêmio se confirme.

A última chance de Medina

Um dos cenários que poderia manter o trabalho de Medina no Internacional, seria uma heroica reversão de placar no jogo de volta da semifinal do Gauchão, na Arena.

O Inter não vence o Grêmio em seus domínios desde 2014 e quebrar este tabu seria interessante para o trabalho de Cacique. Entretanto, não basta apenas vencer, o Colorado tem a missão de pelo menos devolver os três gols de diferença que o Tricolor impôs no Beira-Rio, o quê deixa a tarefa quase impossível.

O time de Medina ainda não venceu por 3 gols de diferença na temporada e possui um total de 48% de aproveitamento, com 5 vitórias, 4 empates e 4 derrotas.

Com isso, a tarefa seria praticamente milagrosa caso ocorresse e só assim, seria possível imaginar um cenário em que o treinador permaneça no comando do Clube do Povo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -