Números deixam claro que Rodrigo Dourado é um dos pilares do Inter

- Publicidade -

- Publicidade -

A reta final de temporada do Inter mostra que o volante Rodrigo Dourado recuperou o bom futebol neste ano de 2021. Há treze meses, no dia 15 de outubro, Dourado retornou a campo na vitória sobre o Sport por 5 a 3, após grave lesão no joelho que o tirou dos gramados por um ano.

Revelado pelo Internacional, o jogador que era tido como uma promessa de sua geração, é hoje consolidado como uma das principais lideranças técnicas da equipe.

Os números deste fim de temporada demonstram a recuperação do atleta de 27 anos. De acordo com as estatísticas do Campeonato Brasileiro, as médias de Dourado o colocam entre os principais meio-campistas da competição.

- Publicidade -

Valorização de Rodrigo Dourado

Comprovando o seu poder de marcação, Rodrigo Dourado lidera as estatísticas de recuperação de posse de bola com média de 4,2 por jogo. Também é o líder de interceptação de passe, 2,6 por partida, número que traduz uma boa leitura de jogo e uma capacidade de antecipar o jogador adversário.

- Publicidade -

A bola aérea é um ponto forte de Dourado. Nesse quesito ele lidera os números com 2,78 por jogo.

É também um jogador técnico com a bola nos pés. Ocupa o sétimo lugar no ranking de perda de posse de bola com média de 0,32 por partida.

Os bons números de Rodrigo Dourado na temporada demonstram o retorno do seu bom futebol e um encaixe no modelo de jogo do técnico Diego Aguirre.

É válido lembrar que Dourado já vinha recuperando a boa forma no fim da temporada passada, no esquema 4-1-4-1 do treinador Abel Braga. Porém, é na formação atual, ao lado de Lindoso, que o seu rendimento subiu de patamar. A equipe está melhor estruturada, principalmente no setor ofensivo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -