O que aconteceu com Peglow? Por que ele não joga mais?

0

João Peglow estreou entre os profissionais do Internacional em 2020 e esperava-se que 2021 seria o seu ano. Porém, até aqui jogou apenas três vezes e foi arquivado pelo técnico Miguel Ángel Ramírez. Por outro lado, o treinador segue dando espaço para Marcos Guilherme, que no GreNal 431 perdeu mais um gol embaixo das traves.

Peglow marcou dois gols na última temporada e perdeu o pênalti decisivo contra o Boca Juniors pela Libertadores. Na atual temporada, jogou contra São Luiz, Ypiranga e Brasil de Pelotas, e em todas essas partidas foi substituído. Nas duas últimas saiu no comecinho da segunda etapa.

O desempenho nestes três jogos não foi bom. Produziu muito pouco e por isso perdeu espaço. Ele está com 19 anos, poderia ser melhor aproveitado por Ramírez, que adora pontas velozes e dribladores. Contudo, Peglow ainda é franzino e por isso tem dificuldades para passar pelos marcadores.

O atacante também peca na finalização, talvez esteja aproveitando este tempo fora do time profissional para aperfeiçoar esse quesito.

Peglow x Palacios: dois pesos e duas medidas

Peglow não jogou bem nas oportunidades que teve.

Palacios também não fez nenhuma grande partida até agora.

Acontece que o estrangeiro continua ganhando chances e é titular de Ramírez, um dos queridinhos do técnico. Até o momento mostrou pouca coisa em relação aos dribles e assistências que dava em seus tempos de Campeonato Chileno.

É óbvio que a adaptação pode ser demorada e que ele já demonstrou alguma técnica. Mas, não faz sentido manter Peglow longe das partidas e nem mesmo dar chances para o guri, enquanto o gringo continua com seu espaço cativo.

Patrick está lesionado e Ramírez preferiu usar Maurício na ponta, um jogador bom tecnicamente, mas que não tem velocidade para isso. Enquanto outros da função nem no banco tem ficado.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.