Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

O quê disse o presidente do Inter sobre demissão de Mano Menezes?

O Internacional sofreu uma derrota vergonhosa para o América Mineiro, na noite da última quarta-feira (17). Mesmo que a equipe adversária tenha atuado com um time misto, o Colorado chegou ao quarto revés consecutivo e piorou a situação nos bastidores.

A sequência de resultados negativos e o desempenho ruim dentro de campo colocam o trabalho do técnico Mano Menezes em discussão. Os torcedores pedem a demissão do treinador para que ainda seja possível buscar soluções na temporada 2023.

A saída do comandante foi especulada após a derrota, porém o presidente Alessandro Barcellos garantiu a permanência dele em entrevista coletiva. O mandatário destacou que continua confiante no trabalho de Mano e pediu o compromisso de todos os envolvidos.

“Tem de haver mudanças. De comportamento, da forma de encarar o clássico. Não é bom fazer avaliações de cabeça quente, mas tínhamos de aproveitar esse momento de indignação de todos para assumir um compromisso”, salientou o presidente.

Barcellos afirmou que uma postura diferente será apresentada no clássico Gre-Nal. A saída de Mano Menezes não foi negada caso haja mais uma derrota, porém a situação só será avaliada após a disputa da partida contra o Grêmio.

“Achamos por bem que essa reunião acontecesse agora. Para termos o compromisso de, no domingo, apresentarmos outra postura e outra condição. Se esse for o desejo de todos. Porque se não for, precisaríamos mudar outras questões. Acreditamos no trabalho e o futebol dá essas oportunidades, precisamos agarrar com as duas mãos para sair desse momento ruim”, disse o mandatário.

Mano Menezes terá última chance no Inter

O Internacional encara o Grêmio no próximo domingo (21), às 18h30, na Arena OAS, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O Colorado jogará com força máxima na partida que servirá como um ultimato para o técnico Mano Menezes.

“Mano mostrou, já reverteu momentos difíceis na carreira. Mas precisamos do compromisso de todos para que isso aconteça. É da direção, é dos jogadores e é da comissão técnica”, disse o presidente Alessandro Barcellos.