O que esperar do Internacional em 2022?

- Publicidade -

- Publicidade -

O Internacional entra em 2022 tentando ganhar alguma coisa. A torcida não comemora nada desde 2016, com a conquista do Gauchão, em 2017 até teve a Recopa Gaúcha, mas não vale de muita coisa. E taça importante mesmo não vem desde 2010, com a Libertadores.

O Inter entrará como favorito no Gauchão, já que o Grêmio está na Série B e o Juventude, mesmo ficando na elite, perdeu boa parte do seu time titular. Sendo assim, o Colorado entra com a missão de voltar a ser campeão. Se não for, mas vier algum outro título, a torcida ficará bem mais feliz.

- Publicidade -

A torcida espera um time organizado, que não de sustos no Campeonato Brasileiro e no mínimo termine na parte de cima da tabela. Pelo menos no G6, conseguindo uma vaga na próximas Libertadores. Brigar pela taça sabemos que é quase impossível, visto a força de Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG.

Copa Sul-Americana deveria ser o foco do Inter

O caminho mais “fácil” para ganhar algo importante é na Sul-Americana. É claro que a premiação é muito menor do que na Libertadores, mas o nível técnico também é extremamente inferior. E isso é bom para o Colorado.

- Publicidade -

Se jogar com os titulares, o Inter tem tudo para fazer uma grande campanha e chegar nas cabeças. Parece que falta a este grupo saber ganhar e vencer a Sul-Americana seria o caminho mais curto. Chegando lá e erguendo a taça, o Clube do Povo pode abrir porta para 2023.

A primeira fase será jogada entre abril e maio, pegando o fim do Gauchão e o começo do Brasileirão. Em 2021, os grupos foram jogados totalmente durantes os estaduais, agora é um pouco depois. Enfim, que o Inter foque neste campeonato, porque levar a Copa do Brasil é muito mais difícil.

Comentários do Facebook

- Publicidade -