O que o Internacional pensa sobre a criação de uma liga de clubes?

A Libra (Liga Brasileira de Clubes) se reuniu, nesta segunda-feira (18), em São Paulo, com representantes do Forte Futebol. A intenção dos dois movimentos é definir a criação de uma liga que conte com os 40 clubes das Séries A e B do Brasileirão.

As partes definiram alguns detalhes e não chegaram em um consenso no acordo, mas afirmam que estão próximos de formalizar a criação da organização da liga. O presidente Alessandro Barcellos, do Internacional, esteve presente na reunião.

O dirigente, que representa o Colorado na Liga Forte Futebol, falou sobre o entendimento para que haja um acordo entre as partes. Ele também destacou que outros critérios estão sendo analisados para que a nova liga seja criada.

“Entendemos que seja racional ter uma liga como é a La Liga, de 3,5 vezes, ou a Premier League, que é de 1,5 vez. Esta é a tentativa e o consenso que buscamos. Do outro lado, há uma manutenção de critérios que precisam ser discutidos. A busca continua”, afirmou Barcellos, em entrevista ao Globo Esporte.

A responsabilidade do Inter com o Forte Futebol

O Internacional é um dos pilares do Futebol Forte e está dedicado a chegar em um acordo que seja justo para os clubes que representam o movimento. O presidente colorado falou sobre esse compromisso com os outros times.

“O Inter assumiu com os clubes que estão no Futebol Forte de fazer a interlocução e buscar a relação e aproximar. Temos trabalhado muito nisso. É uma das atividades mais importantes, fora o nosso clube, que estamos envolvidos. Acreditamos na liga com todos os clubes. Nada que saia fracionado, para um lado ou outro”, salientou o mandatário.

‌Os clubes estão debatendo as possibilidades e o equilíbrio da lei do mandante está sendo levado em conta para o acordo. Os times tem o direito de vender os seus jogos em casa e isso acabou ajudando de forma positiva a diferença de audiência.

Comentários do Facebook

- Publicidade -