Os principais números dos 10 primeiros jogos de Medina pelo Internacional

Alexander Medina completou, neste domingo (6), dez jogos no comando do Internacional. O início de trabalho do uruguaio e da sua comissão técnica é conturbado. Com um desempenho abaixo do esperado, ele está sendo contestado e foi até mesmo vaiado pela torcida na vitória sobre o Aimoré, por 1 a 0.

O trabalho até aqui não é considerado bom tanto nos resultados quanto no desempenho apresentado. São apenas 50% de aproveitamento atingidos, com muitos problemas em todos os setores do campo

Defensivamente é um time muito vulnerável. Os adversários se aproveitam, principalmente, dos contragolpes cedidos. Ambas as laterais são a porta de entrada para as jogadas que acabam terminando no fundo das redes do gol defendido por Daniel. No meio de campo, o defeito é na criação das jogadas, furar as defesas fechadas.

A consequência de um meio-campo ineficiente é um ataque que pouco finaliza. Wesley Moraes, o camisa 9, e David, que tem sido utilizado como centroavante também, pouco recebem em boas condições para marcar. Ambos somam dois gols nesta temporada, cada um balançou as redes uma vez.

O pouco futebol jogado dentro de campo é traduzido nos resultados. No Gauchão 2022, o Clube do Povo ocupa a terceira colocação, e é seriamente ameaçado a perder a vaga no mata-mata. Além do estadual, o vexame na Copa do Brasil pesa nesse julgamento. O time de Medina foi eliminado na primeira fase, pelo Globo-RN, da quarta divisão nacional.

Os números de Medina nos 10 jogos pelo Inter:

  • 10 jogos
  • 4 vitórias
  • 3 empates
  • 3 derrotas
  • 50% de aproveitamento
  • 11 gols marcados
  • 9 gols sofridos
  • Eliminado da Copa do Brasil
  • Terceiro colocado do Gauchão (1 jogo a menos que os rivais)

Comentários do Facebook

- Publicidade -