Paolo Guerrero continua desempregado e não terá desejo realizado

Desde que deixou o Inter, Paolo Guerrero ainda não encontrou um destino. O centroavante de 38 anos esteve no Brasil há duas semanas atrás, mas ainda está longe de fechar com qualquer clube. Além disso, o peruano não poderá realizar o sonho de disputar a segunda Copa do Mundo consecutiva, já que sua seleção acabou sendo despachada na repescagem, quando perdeu para a Austrália.

Contudo, Guerrero sequer estava sendo convocado, por conta da ausência de atuações. O centroavante não entra em campo desde outubro de 2021, quando deixou o Inter. Depois disso, seu rumo foi a Alemanha, onde tratou de evoluir a recuperação da grave lesão que sofreu no joelho. Mesmo com o processo finalizado, o peruano segue desempregado.

Mesmo assim, o jogador ainda não desistiu do futebol e deverá atuar por mais um clube antes de se aposentar. As informações mais recentes deram conta de que o Fluminense possuía o desejo de contar com o atleta, por conta do anúncio da aposentadoria de Fred.

Relembre a passagem de Guerrero no Inter

A trajetória do peruano em Porto Alegre foi de altos e baixos. Guerrero chegou ao Inter em meados de 2018, mas só pôde atuar no ano seguinte, devido a punição que adquiriu na Seleção Peruana. Após a liberação, o centroavante apresentou um início avassalador, na qual empolgou muito a torcida colorada.

Contudo, a falta de contribuição nos momentos mais decisivos, como às quartas de final da Libertadores e a decisão da Copa do Brasil gerou um ponto de interrogação sob o centroavante, especialmente pelo rótulo que já possuía no Flamengo.

Em 2020, novamente Guerrero apresentou um bom início de temporada. Dessa vez, sob o comando de Eduardo Coudet, o jogador aproveitou a intensidade ofensiva e vinha sendo o artilheiro da equipe. No entanto, a lesão no joelho interrompeu a boa fase e tirou o peruano dos gramados por oito meses.

Recuperado parcialmente da lesão, Guerrero viveu seus últimos momentos em Porto Alegre entrando em algumas partidas no Brasileirão, em que o Colorado acabou como vice-campeão. Com 31 gols em 76 jogos, o peruano deixou a capital gaúcha e ainda espera para assinar com um novo clube.

Comentários do Facebook

- Publicidade -