Papaléo foge de respostas sobre o futuro do Internacional

O dirigente Papaléo Zin concedeu entrevista para a Rádio Grenal nesta quarta-feira (6). O vice de futebol do Inter destacou alguns pontos em pauta no clube e falou sobre decisões importantes para o departamento de futebol.

Questionado sobre o novo diretor executivo, Papaléo comentou que o Colorado ainda não definiu um nome. O Internacional está em busca de alternativas desde a demissão de Paulo Bracks, ocorrida logo depois da eliminação na primeira fase da Copa do Brasil.

“Ainda não definimos o nome do diretor executivo. Seguimos na busca. O departamento ainda está em formação”, salientou o vice de futebol do Inter.

O dirigente também falou sobre a possibilidade de demissão do técnico Cacique Medina caso o Internacional seja eliminado da Copa Sul-Americana. Mesmo questionado, Papaléo desviou da resposta e mostrou que a questão não está em pauta nos bastidores.

“Não pensamos nisso (demissão em caso de nova eliminação). Se tivéssemos tomado uma atitude drástica em relação ao departamento de futebol, seria a velha maneira de fazer futebol”, afirmou Emílio Papaléo Zin.

O Internacional segue monitorando o mercado em busca de opções para o departamento de futebol. A tendência é de que um nome chegue nas próximas semanas e comece a trabalhar visando a janela de transferências que se abre no dia 18 de julho.

Quem está buscando os reforços do Internacional?

Sem a presença de um diretor executivo, o Internacional está tomando a decisão sobre os reforços através da direção. O Colorado precisa de alguns jogadores pontuais em posições identificadas com carência pela comissão técnica, então existe uma procura no mercado.

Recentemente, o Clube do Povo trouxe o atacante Carlos de Pena, que estava no Dínamo de Kiev. O atleta veio através do interesse da direção do Internacional, demonstrado sem a presença de um diretor executivo para tomar a decisão.

Comentários do Facebook

- Publicidade -