Papaléo pede paciência aos colorados e não fala em nomes para 2022

O vice de futebol do Inter, Emilio Papaléo Zin, pediu paciência ao torcedor sobre a contratação de um novo técnico para 2022. O Colorado busca um novo treinador oficialmente desde a confirmação recente da saída de Diego Aguirre. No entanto, a demissão do uruguaio já era prevista e comentada internamente durante a reta final do Brasileirão.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o dirigente falou sobre a contratação de um novo comandante.

“São especulados vários nomes de treinadores. Temos uma central de análise qualificada, trabalhando diuturnamente, e estamos trabalhando muito nos bastidores. Peço um pouco mais de paciência. Vamos chegar a uma grande opção”.

Depois, Papaléo falou a respeito do uruguaio Alexander Medina, do Talleres, especulado no Colorado nos últimos dias.

“Não vou descartar o nome do Medina, é um bom nome, mas também não posso dizer que já houve conversa. Esta semana agora é de mangas curtas. Não será pela data do Natal que nos apressaremos. Não podemos errar para 2022”.

Papaléo desconversou, mas Medina é do interesse do Inter

Alexander Medina, do Talleres, e Eduardo Domínguez, do Colón, são do interesse da diretoria colorada. Os dois nomes agradam os dirigentes pela proposta ofensiva de jogo das suas equipes.

Medina e Domínguez já foram contatados pelo Inter. Isso foi logo após a demissão de Miguel Ángel Ramírez, em junho, mas como ambos tinham contratos vigentes, não se mostraram abertos a uma rescisão com seus clubes naquele momento.

O contrato de Alexander Medina com o Talleres acaba em 31 de dezembro, o que poderia facilitar uma negociação. Quanto a Eduardo Domínguez, a situação é diferente, pois o vínculo dele com o Colón vai até o fim de 2022, porém há uma cláusula que permite a saída do treinador ao final deste ano sem a necessidade de pagar multa.

Comentários do Facebook

- Publicidade -