Pedro Ernesto determina ponto final para Medina no Inter

O Internacional foi superado pelo Grêmio por 3 a 0 e vive situação complicada no Campeonato Gaúcho. O Colorado precisará reverter o placar na quarta-feira (23), às 22h15, na Arena, pela partida de volta das semifinais da competição.

Para o jornalista Pedro Ernesto, colunista da GaúchaZH, a direção não deve permanecer com Cacique Medina caso ele seja derrotado no próximo clássico. A partida será a última tentativa para que o Clube do Povo permaneça com o argentino.

“O time está praticamente alijado do Gauchão, um título perseguido pela direção colorada. Se for mal no Gre-Nal desta quarta-feira (23), deverá ser demitido. O próprio vice-presidente de futebol deixou claro que até quarta nada troca, ou seja: se o desempenho continuar aquém do esperado, troca o treinador. A última chance de Medina será na quarta-feira”, disse o jornalista.

Além da derrota no fim de semana, o locutor ainda pontuou os outros resultados do Colorado nesse início de temporada. A péssima campanha no Gauchão e a eliminação precoce na primeira fase da Copa do Brasil foram pontuadas.

“Nos enfrentamentos contra clubes do Interior, Medina foi muito mal e correu risco até de não classificar. Soma-se a isso o desastre na Copa do Brasil contra o Globo-RN. A direção contratou reforços, continua trazendo jogadores, mas o time mostra uma inoperância ofensiva importante”, salientou Ernesto.

Despedida de Medina? Inter enfrenta o Grêmio

O Internacional terá a oportunidade de reverter a goleada na próxima partida do Campeonato Gaúcho. O time de Cacique Medina terá um curto período de preparação, mas a expectativa é que a equipe consiga apresentar um futebol diferente em relação ao último clássico.

“Vamos seguir buscando a melhora do time. No próximo GreNal teremos uma ótima chance de dar a volta por cima”, comentou Medina, durante a entrevista coletiva pós-jogo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -