Pedro Ernesto se rende sobre D’Alessandro

O meia-atacante D’Alessandro se despediu dos gramados marcando um dos gols da vitória do Internacional sobre o Fortaleza. O jornalista Pedro Ernesto falou, em sua coluna na GaúchaZH, sobre o desempenho do ídolo colorado.

“Até no último momento D’Alessandro deixou sua marca. Deixou claro o seu talento, deixou sua garra, deixou seu caráter. O homem que é idolatrado no Inter se fez decisivo no seu último momento, no seu último jogo, no seu último momento competitivo”, salientou o locutor.

A carreira de D’Alessandro foi citada como um todo, com o meia-atacante sendo lembrado como um protagonista em todos os momentos pelo Internacional. A passagem pelo Colorado foi destacada e a despedida serviu para encerrar a trajetória com chave de ouro.

“Protagonista antes, durante e depois. Sempre. Uma carreira que nos deslumbrou. Um craque. No lugar que ele quis, que escolheu para escrever sua trajetória, com quem ele fez história: com os colorados e o Beira-Rio lotado”, comentou Pedro Ernesto.

A despedida de D’Alessandro

O jornalista também destacou o discurso de D’Alessandro, que falou sobre o amor recíproco com os colorados. Os anos da passagem foram lembrados, em sua maioria, com alegrias e conquistas memoráveis para a história do Internacional.

“D’Alessandro deu show até no seu emocionado discurso final, entre emoção e lágrimas, dizendo que também ama os colorados, e agradecendo em seu nome e sua família. Foram 14 anos de forte relacionamento, de muitas alegrias, algumas “incomodáveis” como é normal do futebol. O tempo é inexorável. As forças do atleta diminuíram e o final chegou. Muita emoção e muitas lágrimas”, destacou Ernesto.

D’Alessandro se despediu do Internacional com vitória. O meia-atacante marcou o primeiro gol do Colorado na partida aos 47 minutos do primeiro tempo, dando o empate ao Colorado. Aos 90, Alexandre Alemão colocou os mandantes na frente do placar.

Comentários do Facebook

- Publicidade -