Pedro Henrique é expulso pela segunda vez consecutiva

Zagueiro deixa o time com 10 e prejudica todo o esquema

0

O Internacional vive um momento caótico com os seus zagueiros. Zé Gabriel já mostrou que não é seguro, Rodrigo Moledo está lesionado e Pedro Henrique foi expulso duas vezes consecutivas. Restam apenas Cuesta e Lucas Ribeiro, que estava mal fisicamente e não aguentaria os 90 minutos contra o Vitória.

Pedro Henrique até começou bem a partida, acontece que o jogador foi imprudente na segunda etapa e acabou sendo expulso. Ele já tinha cartão amarelo e recebeu o segundo. Entretanto, o lance merecia cartão vermelho direto, pela intensidade da jogada.

No último domingo, o zagueiro já havia sido expulso, naquela ocasião, o vermelho foi direto após uma entrada violenta. Na verdade, foi infantilidade nos dois casos, erguendo o pé mais do que o necessário. A bola já havia passado, não era necessário fazer algo do tipo.

Foto: Eduardo Deconto

Duas expulsões de Pedro Henrique prejudicam o time

Assim que Pedro Henrique foi expulso contra o Vitória, o time baiano começou a ir para cima. Parecia questão de tempo para que surgisse o primeiro gol. E foi assim que aconteceu, a defesa não conseguiu suportar a pressão e o Leão fez 1×0.

Na partida do último fim de semana, contra outro Leão, foi a mesma coisa: o zagueiro foi expulso e o time desandou. Naquele jogo o placar já indicava 1×0, mas as coisas ficaram muito piores depois disso.

Nos dois casos, os jogadores pareciam abalados emocionalmente após as expulsões. Fato é que a equipe ficou perdida em campo. A crise dos zagueiros escancara a necessidade de uma contratação urgente para o setor, alguém que possa disputar a titularidade com Lucas Ribeiro.

Estanho foi o Inter ter perdido o ótimo Messias para o Ceará. O jogador era do América-MG e Paulo Bracks conhecia seu contrato. Os nordestinos pagaram um valor baixo pelo defensor, que poderia estar resolvendo os problemas do Colorado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.