Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Pedro Henrique Tortello: o terror da sexta-feira 13

Dois golaços e uma assistência. A promessa do Internacional, Pedro Henrique Tortello teve atuação de gala e em uma noite de sexta-feira 13. A joia colorada foi de fato o terror da equipe do Aster Brasil na Arena Barueri.

Nascido em Tambaú, em São Paulo, o jovem de 18 anos estava em casa. Paulista, mas com sangue gaúcho, Tortello colocou o time do Aster no bolso. O primeiro gol do camisa 20 contou com um drible humilhante pra cima do zagueiro adversário. De perna direita, o meio-campista deu uma pedalada que fez o defensor perder a noção do espaço. Depois disso ele puxou para a perna ‘ruim’ e fuzilou o goleiro, demonstrando habilidade e maturidade para usar as duas pernas.

Na segunda etapa Tortello arriscou uma cobrança de falta de longe e encontrou o cantinho do gol da Arena Barueri. Além disso, para quem achou que ele era canhoto, se surpreendeu com a precisão da cobrança de falta com a perna direita.

A assistência ocorreu no gol que abriu o placar do confronto, mas nesse caso, melhor deixar todos os méritos para o camisa 7, Vinicius Souza, que vem fazendo uma excelente Copinha, sendo o maior destaque ofensivo do Colorado no torneio. O garoto soltou um petardo de fora da área e só saiu para comemorar. A bola foi na gaveta do arqueiro do Aster, que nada pode fazer.

Voltando a falar de Tortello, que pode ganhar minutos na equipe principal, visto que Mano Menezes gosta de oportunizar novos talentos e está precisando de um meio-campista habilidoso depois da saída de Taison e Edenilson, o garoto vai seguir na equipe titular para o confronto contra o Ska Brasil no próximo domingo (15).

Últimas grandes revelações do Internacional

Alisson Becker (Liverpool): Um dos principais goleiros da atualidade, Alisson estava com a Seleção Brasileira em busca do título da Copa do Mundo do Catar. Foi revelado pelo Inter em 2013.

Fred (Manchester United): O atual meia dos diabos vermelhos também estava no Catar para a disputa da Copa do Mundo. O camisa 8 da seleção iniciou a carreira profissional pelo Internacional em 2012.

Alexandre Pato (sem clube): Uma das maiores decepções do futebol brasileiro, Alexandre Pato iniciou a carreira em 2006 como uma joia em ascensão, mas atualmente está desempregado.

Juan Jesus (Napoli): Revelado em 2010 pelo Inter, o zagueiro participou do grupo campeão da Libertadores da América, também em 2010.