“Pode ter uma reviravolta”, diz empresário sobre retorno de atacante ao Inter

Eduardo Galhardo segue na boca do povo. O atacante pode voltar ao Internacional em Julho, mas atuou neste terça-feira (10) contra o Barcelona. Depois da expulsão de um dor companheiro, Galhardo foi substituído, mas tem sido um recurso para o técnico Eduardo Coudet.

O empresário do atacante Thiago Galhardo falou à Rádio Guaíba nesta terça. Segundo Flávio Trivella, Galhardo está feliz na Espanha atuando pelo Celta de Vigo. O jogador foi transferido por empréstimo ao time espanhol depois da ida de Eduardo Coudet ao clube em 2020. Antes disso, Coudet foi treinador do Internacional, e deixou o cargo de forma abrupta.

De acordo com Trivella, a renovação de Thiago Galhardo com o Celta de Vigo pode ter uma reviravolta. O jogador tem sido aproveitado depois

“No futebol as coisas podem mudar de uma hora para outra. Ele não vinha sendo aproveitado lá no Celta. Mas nos últimos jogos ele atuou, fez gol, deu assistência e está feliz na Espanha. Estamos aguardando o final da temporada dele no Celta. Tudo pode acontecer, pode ter uma reviravolta, vamos aguardar. Vou buscar o melhor para a carreira dele”, disse o empresário de Thiago Galhardo

O empresário fez questão de enfatizar a felicidade de Thiago Galhardo. Santi Mina, centroavante titular do Celta de Vigo, foi condenado por abuso sexual a quatro anos de prisão na Espanha. O atleta ainda tem como recorrer, mas o Celta de Vigo afastou o atleta e Thiago Galhardo apareceu como alternativa para jogar entre os titulares.

“Ele está muito feliz, lá. Está gostando de trabalhar com o Coudet novamente, vem jogando e fez gol. O desejo dele é seguir lá, mas não temos sinalização de nada ainda. Nunca tivemos uma indefinição tão grande quanto agora. No momento, ele está focado em cumprir o seu contrato com o Celta”

Ainda de acordo com Flávio Trivella, Galhardo tem carinho pelo Inter e pela torcida Colorada. O atacante foi uma das entregas do time que foi vice-campeão brasileiro em 2020.

“O Galhardo adorou a relação com o Inter, com a torcida. Viveu grande momento em Porto Alegre, foi uma passagem bacana no clube. Foi vice-campeão brasileiro, quase foi artilheiro do BR. Foi uma relação fantástica. Na reta final de seu contrato no Inter aconteceram algumas coisas que não foram boas. Ocorreram alguns disse me disse aí, enfim. Têm coisas que acontecem que são um complicador.”

Comentários do Facebook

- Publicidade -