Presidente do Inter está torcendo para o Grêmio? Veja o que ele disse

- Publicidade -

- Publicidade -

O presidente do Internacional, Alessandro Barcellos, falou em entrevista para o Atualidades Esportivas, da Rádio Bandeirantes, sobre o possível rebaixamento do Grêmio e a situação do futebol gaúcho. O dirigente afirmou que a permanência do clube na Primeira Divisão é melhor para o futebol do estado e ainda citou o Brasil de Pelotas.

“Eu acho que para o futebol gaúcho é ruim. Eu acho que o futebol gaúcho tem que ter três equipes, quatro se o Brasil de Pelotas pudesse subir. Reforça o nosso estadual. Eu como dirigente, sempre gosto que as competições sejam disputadas pelas melhores equipes, e que a gente possa ter elas disputando campeonatos importantes”, afirmou Barcellos.

- Publicidade -

Porém, o presidente disse que a preocupação dele está voltada somente para o Internacional e as situações ligadas aos outros clubes gaúchos não são um problema dele. “A gente tem uma preocupação voltada ao Inter e para o que nós precisamos fazer. Essa rivalidade e as questões de ambiente ficam mais para o torcedor e para a cultura do futebol gaúcho. Mas não influencia o nosso planejamento e o nosso cotidiano. Quem faz futebol sabe as dificuldades a serem enfrentadas”, salientou o dirigente.

A situação financeira do Inter no comando de Barcellos

Alessandro Barcellos assumiu o Colorado neste ano e permanecerá até 2023. O presidente pegou o clube em uma situação financeira difícil. Em 2020, o Inter teve o pior déficit da história, com cerca de R$ 90 milhões.

- Publicidade -

Para melhorar a situação do Internacional, o presidente anunciou medidas para reparar a situação financeira. O clube realizou demissões, a diminuição da folha salarial e a meta de R$ 90 milhões com vendas de jogadores. Até o momento, a situação está sendo bem executada e a expectativa dos dirigentes é encerrar o ano com superávit.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022