Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Prisão de Carlos Palacios impede negócio que poderia render grana ao Inter

Um problema recente envolvendo Carlos Palacios tem tudo para atrapalhar um negócio que podia render uma bolada aos cofres do Inter. O atacante acabou preso na última semana após ser acusado de violência doméstica por sua ex-namorada. Além disso, a mulher alega que o jogador lhe ameaçou com uma arma de fogo, o que causou consequências.

Atualmente Palacios defende as cores do Vasco da Gama depois de ter sido vendido pelo Internacional e o episódio ficou marcado e agora ele já começa a sofrer com as consequências do acontecido. O Colo-Colo era interessado em contar com o futebol do jogador, mas de acordo com a página Sentimiento Popular, o time teria desistido após a prisão.

Esse fato influência na carreira do jogador e no time carioca, mas também no Internacional, já que o time gaúcho ainda possuía 30% dos direitos econômicos de Palacios e poderia lucrar com essa venda. Para ter o atleta o time fechou o pagamento de US$ 3 milhões, R$ 15 milhões, na cotação da época, ao Unión Española, em 2021. Agora seria a chance de recuperar mais do valor.

Palacios se manifestou após acusações e prisão

O atleta negou que a versão dela seja verdadeira ao se pronunciar recentemente, onde disse que já estaria tudo resolvido. “Antes de tudo, agradeço a preocupação de todas as pessoas. Também quero deixar claro que nunca agredi a mãe dos meus filhos. Tudo o que aconteceu foi um mal-entendido e já está tudo esclarecido e sou totalmente inocente”, garantiu o jogador.

“Também quero deixar claro que nunca deixei os meus deveres como pai dos meus filhos, digo isso para aqueles que falaram m**** sem saber”, declarou o jogador. No Inter o chileno não conseguiu se firmar, diziam que era tímido e o Clube do Povo trouxe sua família para o Brasil, mesmo assim não conseguiu atingir um alto nível, por isso foi vendido para o Vasco.