PV e Lara geram desconfiança e Inter pode ter lateral improvisado contra o Coxa

O técnico Mano Menezes está definindo os últimos detalhes do Internacional para a partida contra o Coritiba. As duas equipes jogam nesta sexta-feira (24), às 21h30, no estádio Beira-Rio, pela 14° rodada do Campeonato Brasileiro.

A maior dúvida do Colorado para o duelo é a presença na lateral-esquerda. Renê está lesionado e Moisés sofreu suspensão, então o treinador terá que lidar com o problema pela primeira vez desde que chegou ao clube.

O mais cotado para assumir a vaga era Paulo Victor, porém ele não participou do treinamento de quarta-feira por ter apresentado sintomas gripais. Ele teve resultado negativo no teste para covid-19, mas foi orientado a ficar em repouse e será reavaliado pelos médicos.

Em um primeiro momento, Mano Menezes revelou que a prioridade é escalar um lateral-esquerdo de origem. “São os jogadores da posição (Paulo Victor e Thauan Lara). Eu sempre opto prioritariamente por um jogador da posição”, afirmou.

Thauan Lara pode jogar pelo Internacional?

Apesar da declaração do técnico, é possível que a ausência de Paulo Victor mude a preferência de Mano. Thauan Lara será o único lateral-esquerdo disponível no elenco, mas o clube acredita que ele ainda não está pronto para atuar por 90 minutos.

A joia das categorias de base tem apenas 10 minutos como profissional, disputados na partida entre Inter e Cuiabá, no Brasileirão de 2021. Thauan esteve presente no elenco principal do clube, porém voltou a treinar com o sub-20 após a chegada de Renê.

A questão contratual também pesa para que o jogador não seja utilizado no Internacional. O lateral tem contrato com o clube até maio de 2023 e a direção quer renovar o vínculo para que possa dar mais minutos ao atleta, servindo como uma forma de vitrine para os outros clubes.

 

Comentários do Facebook

- Publicidade -