Quando o Inter terá novo escudo? Vai mudar mesmo?

0

Especulações sobre o novo escudo do Inter rondam o Beira-Rio e o clube pode estar próximo de realizar mudanças no logo. A possibilidade está sendo estudada por dirigentes do Colorado e atualizações sobre o tema devem aparecer em breve.

O Inter está analisando as ideias e ainda não foi decidido se haverá apenas um ajuste no escudo atual ou a adoção de um novo.

Para realizar a decisão, os dirigentes não descartaram a possibilidade de realizar uma votação com os sócios.

A última mudança no escudo do Inter aconteceu em 2009, quando o símbolo passou a ser envolvido por uma faixa branca e a escrita “S. C. Internacional 1909”, além da perda da coroa e das estrelas em cima do escudo.

Na época, a alteração ocorreu para o clube ganhar mais reconhecimento fora do país. O Inter era confundido frequentemente e chamado de “Porto Alegre” por estrangeiros.

“Aquela foi uma mudança para consolidar e fortalecer nossa imagem fora das fronteiras do Rio Grande do Sul. A gente viveu momentos que nos mostraram claramente a necessidade de uma expansão da identidade. Em 2006 no Japão e em 2008, em Dubai muita gente nos chamou de Porto Alegre. E o escudo atual foi desenvolvido para tratar disso e foi muito bem aceito”, salientou Avancini, vice de marketing do Colorado.

O Inter pode ter um novo escudo já no ano que vem?

Apesar das conversas para alterar o escudo, o Internacional só poderá mudar ele em 2023 pois os uniformes da próxima temporada já foram aprovados e as confecções já estão sendo realizadas.

“Estamos sensíveis a essa questão de reavaliar o escudo do Internacional, que tem sido manifestado pela torcida. Rever essa nova configuração, que na realidade é uma volta ao passado. No momento oportuno, devemos colocar isso no ar. Vamos envolver o torcedor, o sócio. Assim como tem muita gente pedindo para que se mude, eu recebo muita manifestação de torcedores pedindo para manter como está. Você deve estar atento a essas manifestações, fazer o estudo de maneira correta, aprovar dentro dos níveis internos que o estatuto exige”, afirmou Avancini.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.