Quem é o centroavante de R$ 360 milhões que o Inter usou contra o Atlético-MG

Jogador de 18 anos fez o seu primeiro jogo com o grupo principal

0

Vinicius Mello estreou no grupo principal na derrota de 1×0 do Internacional contra o Atlético-MG. Paolo Guerrero segue fora do time e sem previsão de volta, por isso, a promoção de um jovem foi necessária. O jogador de 18 anos já havia atuado três vezes pelo estadual, mas sem os companheiros do time de cima.

Nascido em Sapucaia do Sul, o guri mora em Novo Hamburgo e chegou ao Inter em 2016, quando tinha 13 anos. Em entrevista à GaúchaZH, Fabrício Delaix, ex-diretor geral das categorias de base do clube, explicou como o jogador pode ser útil ao Internacional.

“É um atleta que, ao longo da trajetória na base, mostrou bom entendimento das ações individuais e coletivas do jogo. Participativo e com boa técnica, utiliza a força física para os confrontos com defensores buscando espaço para finalização potente na perna esquerda. Oportunista dentro da área para fazer gols”, disse.

Ele tem 1,82m, é canhoto e tem bom porte físico. Nas categorias de base, sempre chamou atenção por sua qualidade. O jogador é centroavante de origem, mas pode jogar também como segundo atacante ou ponta.

Centroavante do Inter vale R$ 360 milhões

Se Yuri Alberto e Thiago Galhardo continuarem jogando juntos, a tendência é de que Vinicius Mello ganhe novas oportunidades. Afinal, não há outro centroavante no banco de reservas, apenas o atacante Caio Vidal.

O atleta tem contrato até o fim de 2023 com o Inter. A sua multa está fixada em 60 milhões de euros ou R$ 360 milhões. Enfim, a má fase dos titulares pode abrir mais espaço para o guri mostrar talento.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.