Quem será o substituto de Edenilson se ele não puder enfrentar o Cuiabá?

- Publicidade -

- Publicidade -

O meia Edenilson voltou da convocação para a Seleção Brasileira nessa madrugada e pode não estar inteiro para enfrentar o Cuiabá. O Internacional precisa pensar em alternativas para substituir o jogador e Diego Aguirre já tem alguns nomes que vão brigar pela posição.

O Brasil enfrentou a Argentina na noite desta terça-feira (16) e o fator positivo é de que Edenilson ficou apenas no banco de reservas e não entrou em campo, então o que pode atrapalhar o jogador na partida contra o Cuiabá é o fato de que teve que viajar nas últimas horas.

- Publicidade -

Com condições de jogo ou não, Edenilson viajou e está disponível para ser escalado por Diego Aguirre. A situação do atleta ainda vai ser avaliada para saber se é possível que ele assuma a titularidade no próximo jogo.

Caso fique de fora, Caio Vidal e Boschilia aparecem como os jogadores mais prováveis para assumir a vaga. Os dois estão recebendo pouco tempo de jogo, mas são opções que se encaixam perfeitamente no lugar em que Edenílson joga.

A oportunidade pode ser ideal para Caio Vidal, que foi uma das peças mais utilizadas por Abel Braga no Brasileirão 2020 e foi mantido com a mesma constância na temporada seguinte, mas perdeu o espaço com Aguirre e não jogou nos últimos três jogos.

- Publicidade -

Boschilia também tinha mais espaço no Inter na temporada passada, mas a lesão no ligamento cruzado do joelho deixou ele na condição de reserva. O jogador de 25 anos almeja receber mais oportunidades e a possibilidade da titularidade contra o Cuiabá pode ser a primeira vez que ele irá iniciar um jogo em semanas.

Inter enfrenta o Cuiabá na próxima rodada

O Internacional enfrenta a equipe mato-grossense nesta quarta-feira (17), às 19h, na Arena Pantanal, em partida válida pela 33° rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira a provável escalação do Inter: Marcelo Lomba; Saravia, Bruno Méndez, Kaique Rocha (Mercado), Paulo Victor; Rodrigo Dourado, Johnny, Edenilson, Palacios e Patrick; Yuri Alberto.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022