Renê se atrapalha, assusta colorados e termina como um dos piores do Inter

O enfrentamento com o 9 de Octubre pela última rodada da Copa Sul-Americana marcou uma noite mágica de Rodrigo Dourado. Contudo, mesmo com a goleada colorada, alguns jogadores acabaram ficando abaixo do esperado. Um dos exemplos é o lateral-esquerdo Renê, que depois de adquirir uma sequência positiva fez sua pior atuação com a camisa colorada.

Aos nove minutos do primeiro tempo, o Inter cumpriu a missão de abrir o placar cedo. Contudo, o Super Nueve surpreendeu e empatou a partida após uma falha significativa de Renê. O lateral entregou a bola nos pés do adversário, que cruzou para Caicedo marcar de cabeça.

O fato marcou o segundo vacilo do jogador com a camisa colorada, a primeira ocasião havia sido no empate com o Juventude, quando não acompanhou Óscar Ruíz na marcação da bola aérea.

Outra situação que ilustrou a atuação negativa do lateral-esquerdo no duelo com os equatorianos foram as vulnerabilidades na marcação. Em diversos momentos, o meia Mauro da Luz obteve facilidade em driblar Renê, que parecia estar desatento na partida.

Renê deverá seguir como titular

Mesmo com o desempenho inseguro, Renê seguirá como titular no setor esquerdo defensivo. Isso porque Moisés também tem sido alvo de críticas do torcedor, sobretudo após o último confronto no Brasileirão, quando o camisa 20 cometeu uma falta desnecessária, que ocasionou no gol de Valdívia.

Além disso, Renê tem sido o titular de Mano Menezes desde que o treinador assumiu o comando da equipe. A partida contra o Fluminense marcou a estreia do jogador e desde então só não atuou no duelo com o Cuiabá, pois Mano decidiu preservar alguns atletas, por conta da sequência de jogos.

Contratado junto ao Flamengo, o jogador de 29 anos chegou sem custos ao Colorado e possui contrato até dezembro de 2024.

Comentários do Facebook

- Publicidade -