Representante do Independiente fica revoltado com Bustos e manda a real

Novo reforço do Internacional, o lateral-direito Fabricio Bustos disparou críticas aos dirigentes do Independiente. Em nota oficial, o argentino explicou os motivos que causaram a saída com destino à Porto Alegre.

Bustos revelou problemas vivenciados no Independiente e afirmou que tinha um desejo antigo de ser transferido, mas o clube nunca demonstrou interesse nas propostas. Por conta disso, o lateral acabou assinando pré-contrato com o Colorado.

“Recebi promessas não cumpridas, vendas que não saíram por exclusiva responsabilidade da diretoria, ameaças de pessoas que nada tinham o que fazer dentro do vestiário, atrasos sistemáticos de pagamentos, mentiras permanentes em relação às ofertas que chegaram por mim, que fizeram que eu não pudesse ter o crescimento profissional e econômico que merecia”, comentou Fabricio.

Secretário-geral do Independiente, Héctor Maldonado respondeu, em entrevista à rádio La Red, as críticas do lateral-direito. Segundo ele, Bustos foi mal aconselhado e o relacionamento sempre foi bom entre as partes.

“Certamente ele foi mal aconselhado. Sempre tive um bom relacionamento com ele. Nós o ajudamos quando não havia comida na pensão. Desejo boa sorte. Não sei se o que aconteceu foi um erro, um engano ou o quê. Não tenho nada a dizer: escolheu o seu caminho”, afirmou o dirigente.

Apesar das críticas, Maldonado mostrou que não está surpreso com as declarações de Fabricio Bustos. “Não me surpreende porque sei que as pessoas que o gerem o fizeram e lamento. O mesmo com o Fabricio está tudo bem”, salientou.

Bustos apresentado no Inter

Fabricio Bustos foi apresentado no Internacional e concedeu entrevista coletiva durante a semana. Sondado por diversos clubes da América do Sul, o jogador explicou o motivo da escolha pelo Colorado.

“A verdade é que muito clubes estavam interessados neste mercado por conta da minha situação no Independiente, que me faltavam seis meses para sair do clube. Porém, a proposta que mais interessou foi a do Internacional, porque é um clube muito grande. Para sair da Argentina, não tive dúvidas que a melhor opção era estar aqui”, disse Bustos.

Comentários do Facebook

- Publicidade -