Revelado o salário que o Inter pagava a Daniel Pavan

O Internacional anunciou a demissão do preparador de goleiros Daniel Pavan, nesta segunda-feira (25). O Colorado decidiu desligar o profissional visando a reestruturação da comissão técnica para a próxima temporada.

Um dos motivos para a tomada de decisão da direção é a intenção de cortar os gastos do clube. Pavan recebia menos de R$ 40 mil por mês, segundo Guerrinha, comentarista da Rádio Gaúcha, que é um dos maiores críticos da decisão do Internacional.

Ainda segundo o jornalista, a intenção do Colorado é se livrar de nomes com histórico de outras gestões. O clube já tomou medidas parecidas com o preparador físico Cristiano Nunes, atualmente no Atlético-MG, e o caso de uma nutricionista também foi citado.

Daniel Pavan trabalhou em todas as divisões de base do Internacional e está vinculado ao clube desde 1995. Foi promovido ao grupo profissional em 2013, por Dunga, e virou auxiliar na preparação de goleiros. Em 2015, foi efetivado como preparador principal por Aguirre.

Quem será o novo preparador do Internacional?

Internacional anunciou a demissão do preparador de goleiros Daniel Pavan e está em busca de alternativas no mercado para substituir o profissional. Uma das opções para o Colorado pode ser um antigo membro da comissão de Mano Menezes na época do Cruzeiro.

O preparador foi procurado pelo Flamengo recentemente, mas não chegou em um acordo e o Internacional pode aparecer na negociação. O nome em questão é o de Roberto Barbosa, que é considerado um dos melhores do Brasil na função.

Atualmente, ele está no Alverca, de Portugal, após deixar o Cruzeiro no começo de 2020. O preparador também esteve presente na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte, entre 2010 e 2019, onde venceu o Campeonato Brasileiro de 2013 e 2014.

Comentários do Facebook

- Publicidade -