Finalmente revelado porque De Pena ficou no banco do Inter contra o Cuiabá

Após o empate contra o Cuiabá, o técnico Mano Menezes explicou a ausência do atacante Carlos de Pena entre os titulares. O atleta entrou na segunda etapa e foi um dos destaques da equipe, anotando o único gol do Colorado na partida.

“Ele se tornou um jogador importante a tal ponto que tivemos que cuidar dele um pouco. Deixamos ele fora porque senão acabamos perdendo um jogador que já foi para uma série alta de partidas”, afirmou o treinador.

Além de Carlos de Pena, o técnico citou outros atletas que podem ser poupados nas próximas partidas. Fabricio Bustos e Wanderson foram lembrados como jogadores que tiveram uma grande sequência recentemente.

“Temos outros casos assim e vamos vendo que se repetir o time muitas vezes, o rendimento acaba caindo porque os jogos são muito duros. O Wanderson já teve mais dificuldades no jogo, o Bustos também tem uma série muito grande”, salientou Mano.

No momento, o foco do Internacional está no duelo da última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O Colorado enfrenta o 9 de Octubre, nesta terça-feira (24), às 21h30, no estádio Beira-Rio.

O Clube do Povo trata a competição continental como prioridade máxima e nenhum jogador deve ser poupado para a partida. A expectativa é de que o técnico Mano Menezes realize rodízio no elenco somente depois desse duelo.

Inter quer se recuperar no Brasileirão

Após o confronto contra o 9 de Octubre, o Internacional terá um compromisso válido pelo Campeonato Brasileiro. O Colorado enfrenta o Atlético-GO, na próxima segunda-feira, às 20h, no estádio Beira-Rio, pela oitava rodada da competição.

O Clube do Povo vem de quatro empates consecutivos no Brasileirão (contra Juventude, Avaí, Corinthians e Cuiabá) e quer melhorar o desempenho. No momento, a equipe está na 11° posição, com 10 pontos conquistados em sete jogos.

Comentários do Facebook

- Publicidade -